1ª Edição
Vila Nova de Gaia 24h Português

Curso Abordagem Fisiológica do Bebé - Terapia manual e Estratégias de Regulação - Nivel 2

22 Mar 2024 - 24 Mar 2024

Curso Abordagem Fisiológica do Bebé - Terapia manual e Estratégias de Regulação - Nivel 2

Melhor preço

299€

ATÉ 22 DE JANEIRO

329€A PARTIR DE 23 DE JANEIRO

359€A PARTIR DE 6 DE FEVEREIRO

Inscreve-te neste curso com um amigo e ambos poderão usufruir de um desconto!
Ver regulamento aqui

Depois do nível I, neste segundo nível será feito um escrutínio fascinante sobre a esfera craniana e como as alterações desta podem ser identificadas, corrigidas e consequentemente potenciar um crescimento saudável das crianças.

Modelo da membrana óssea e modelo lesional aponeurótico-meníngeo de Pérez Battle e análise fascial tridimensional e linhas tensionais em estruturas à distância serão discutidos.

Análise da relação das deformidades e tensões cranianas com problemas respiratórios do trato superior (otites, adenoides, amigdalites) e de oclusão

DESTINATÁRIOS

Fisioterapeutas e osteopatas (tb estudantes)

VAGAS

24 formandos

DATAS

22 Mar 2024 - 24 Mar 2024

LIMITE DE INSCRIÇÃO

19 Fev 2024

HORÁRIOS

Sábado e Domingo: 9h - 18h

LOCALIZAÇÃO

Holiday Inn Porto - Gaia

Rua Diogo de Macedo nº 220

4400-107 Vila Nova de Gaia, Vila Nova de Gaia

COORDENADAS

Latitude: 41,1243157245479

Longitude: -8,61479561603386

FORMADOR

Portugal

Cláudia Costa

Pediatria

Fisioterapeuta desde 2007, com formação em Osteopatia pela ESITEF (2008-2011), iniciou o seu percurso na pediatria há 9 anos.

Cláudia Costa - Master Science Lab
Depois da viagem no nível I da Abordagem Fisiológica do Bebé, este segundo nível focará a sua atenção na avaliação do crânio, de forma mais detalhada, segundo a perspetiva da biomecânica do parto, compreendendo quais os níveis cranianos que sofreram maior compressão, identificando assim os vetores de força associados e de que forma é possível normalizar as tensões daí decorrentes, promovendo um crescimento harmonioso de toda a esfera craniana.


Serão analisadas não só as relações entre os diferentes ossos, mas também as deformidades intraósseas que podem ocorrer durante o trabalho de parto, dependendo da duração das diferentes fases do parto ou da posição do bebé. Uma boa avaliação e intervenção craniana permite-nos resolver, com grande eficácia, as deformidades do crânio, como a plagiocefalia, um dos grandes motivos de consulta da atualidade.


Tendo como base o conceito tridimensional do sistema fascial, corrigir uma plagiocefalia é muito mais do que intervir no crânio. Neste nível iremos também abordar a interferência de linhas tensionais, em estruturas à distância, que podem comprometer a evolução do tratamento da plagiocefalia.


A deformidade craniana pode ser uma consequência de uma alteração sacral, torácica ou cervical, por exemplo. O insucesso no tratamento das assimetrias do crânio, reside no facto de que, muitas vezes, está-se a intervir na consequência e não na causa.
A importância de uma boa mecânica dos ossos do crânio não se singe apenas à forma da cabeça, mas também a todas as funções com as quais poderá interferir. Por isso, também fará parte deste nível, a análise da relação das deformidades e tensões cranianas com problemas respiratórios do trato superior (otites, adenoides, amigdalites) e de oclusão e, de que forma podemos, precocemente, avaliar e prevenir a ocorrência deste tipo de questões ao longo do crescimento.

Ver Mais

- Compreender a biomecânica do parto ao nível dos ossos do crânio.

- Avaliar e intervir nas lesões cranianas segundo a biomecânica do parto.

- Identificar as lesões da SEB

- Compreender a relação das assimetrias e compressões cranianas com problemas do trato respiratório superior (otites, adenóides e amigdalites) e alterações dentárias e de oclusão.
Trabalho de parto:
- Modelagem ossos crânio
- Anéis de parto

Modelo de membrana óssea de Pérez Battle

Modelo lesional aponeurótico-meníngeo de Pérez Battle

Ossos do crânio:
- conceito APTM (articulação parieto-temporo-mandibular): sincronismo, assincronismo e intraóssea dos parietais.
- osso frontal: sincronismo, assincronismo e intraóssea.
- osso Occipital: sincronismo, assincronismo e intraóssea
- osso temporal: sincronismo, assincronismo e intraóssea
- osso Maxilar: sincronismo, assincronismo e intraóssea

Disfunções Sínfise esfeno-basilar (SEB):
Fisiológicas:
- Flexão
- Extensão

Adaptativas:
- Rotação
- Flexão Lateral
- Torção
- SBD (sidebending rotation)

Traumáticas:
- Compressão
- Vertical Strain
- Lateral Strain

Membranas cranianas e sistema venoso do crânio.
Pares cranianos.

Assimetrias cranianas, avaliação e intervenção:
- Plagiocefalia
- Braquicefalia
- Escafocefalia

Relações tensionais:
- Crânio- sacro
- Crânio-coluna vertebral
- Crânio-esterno
- Pé-joelho
- Pé-sacro-iliaca
- Pé-coxofemural
- Torocolombar- sacro-iliaca

Assimetrias e tensões cranianas e a relação com:
- Problemas trato respiratório superior (otites, adenóides e amigdalites)
- Alterações dentárias e de oclusão

Ver Mais

Sem informação
Certificado de frequência de formação profissional, de acordo com o decreto 35/2002, de 23 de abril.

Modo de pagamento

Totalidade

100%

na inscrição

Faseado

50%
na inscrição
50%
até 15.03.2024

Notas

Inclui documentação de apoio + Certificado de formação profissional + Seguro

Cláudia Costa

Fisioterapeuta desde 2007, com formação em Osteopatia pela ESITEF (2008-2011), iniciou o seu percurso na pediatria há 9 anos. É pós-graduada em Osteopatia Infantil pela ESSATLA, realizou cursos de especialização com Marco Mastrilo, uma grande referência da osteopatia pediátrica, e encontra-se atualmente a frequentar a formação internacional Enfoque Meningeo do formador Luís Perez Battle, o qual tem impactado muito a sua prática clínica. Alia a neurociência à terapia manual, onde encontra respostas e potencia a sua intervenção. A partir desta base desenvolveu o seu conceito - Abordagem Fisiológica do Bebé. Tem a sua própria clínica desde 2014, onde exerce, exclusivamente, prática privada. A pediatria é a sua grande paixão e preenche 90% da sua agenda.

Ver Mais

- O facto da manualidade ir de encontro à biomecânica e às tensões de parto, permite uma resposta mais rápida das estruturas em que estamos a intervir.


- Os efeitos prolongam-se mais no tempo, não existindo tantas recidivas nos picos de crescimento.


- Estas técnicas podem ser utilizadas em qualquer idade.

Formação Complementar

FORMADOR Cláudia Costa

Pediatria, postura de conforto, auxiliar o bebé. Mecanismos de sobrevivência. Crises de desenvolvimento. Normalização do sistema fascial. Equilibrar o sistema musculo-esqueletico

Melhor preço 450€

Curso Ecografia Abdominoperineal em Fisioterapia

9 Mar - 10 Mar 2024 16h Vila Nova de Gaia

Curso Ecografia Abdominoperineal em Fisioterapia

FORMADOR Montserrat Rejano Campo

Ecografia. Disfunções pélvicas. Reabilitação pelviperineal. Anatomia pélvica. Biomecânica pélvica. Ecografia perineal transabdominal. Ecografia diafragmática.

Melhor preço 299€
Curso Abordagem Fisiológica do Bebé - Terapia manual e Estratégias de Regulação - Nivel 2

FORMADOR Cláudia Costa

Modelo da membrana óssea. Pediatria. Abordagem Fisiológica do Bebé. Potenciar um crescimento saudável das crianças.

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!