Saúde

9 factos sobre o bruxismo

Para 40% da população mundial, dormir significa fechar os olhos e ter um hábito bastante prejudicial para a saúde - o bruxismo

Ter uma boa noite de sono pode significar para muitas pessoas, acordar de manhã revitalizadas e cheias de energia mas para 40% da população mundial dormir significa fechar os olhos e ter um hábito bastante prejudicial para a saúde - o bruxismo, conhecido como o acto de ranger os dentes.


9 factos sobre o bruxismo que o pode deixar literalmente de “boca aberta”:


1 - Pode ter bruxismo e não saber
Acordar com os músculos do maxilar doridos ou com dor de cabeça que vai diminuindo ao longo do dia pode significar que range os dentes.
Esta actividade é principalmente exercida durante a noite e a maioria das pessoas nem dá conta que tem este hábito. A maior parte das vezes são os parceiros ou parceiras que confirmam ouvindo o ranger característico dos dentes.
Algumas pessoas também o fazem durante o dia, em certos momentos, de forma automática e sem darem por isso.

 

2 - Existem duas formas de bruxismo
O mais comum é quando se faz fricção entre os dentes superiores e inferiores em movimentos de um lado para o outro do maxilar. A outra forma de bruxismo é exercer pressão muscular na mandíbula apenas serrando os dentes uns contra os outros. Esta tende a ser mais comum durante o dia e a maioria das pessoas faz isso quando estão irritados, ansiosos ou muito concentrados.

 

3 - Cerca de 40% da população range os dentes regularmente
Em certos momentos da nossa vida fazemos pressão muscular na mandíbula mas grande parte das pessoas faz isso de forma tão frequente que podem vir a sofrer algumas consequências negativas.

 

4 - É muito comum as crianças rangerem os dentes nos primeiros anos de vida, mas esse hábito vai gradualmente desaparecendo.
Facilmente se identifica esta situação observando os dentes de leite e uma das principais razões para este fenómeno acontecer é o facto de a criança se estar a habituar a ter um crescente número de dentes na boca e o próprio alinhamento dos dentes estar a desenvolver-se.

 

5 - Cerca de 70% dos utentes com bruxismo, têm esse hábito por uma questão de ansiedade/stress
O trabalho e a escola são, nos dias que correm, influência para desenvolver bruxismo. A ansiedade em relação ao trabalho ou em relação ao nível de exigência escolar pode provocar ansiedade e picos de stress e o facto de nos tornarmos mais disponíveis onde quer que seja devido à tecnologia móvel e às exigências competitivas da própria sociedade fazem com que a pessoa nunca esteja totalmente relaxada mesmo já estando fora do horário escolar ou laboral.

 

6 - Bruxismo pode provocar sérios problemas
O desgaste dos dentes provocado pelo ranger dos mesmos pode fazer desaparecer a camada protetora e mais rígida expondo as camadas mais internas e mais macias do dente acelerando desta forma o desgaste precoce. As duas formas de bruxismo provocam pressão sobre os músculos e os ligamentos da mandíbula levando a dores ao acordar e ao longo do tempo a patologias da articulação maxilar.

 

7 - Distúrbios do sono podem ser factores causais de bruxismo, como por exemplo, ressonar ou até apneia do sono. 
Estas condições que perturbam o sono podem levar a um ponto em que a pessoa já não se encontra em sono profundo tornando-se mais vulneravel à realidade de vir a ranger os dentes. Quanto mais leve é o sono maior a probabilidade de ter bruxismo.

 

8 - O estilo de vida que uma pessoa tem pode provocar bruxismo.
O tabagismo severo, ingestão excessiva de bebidas alcoólicas e de cafeína e o uso habitual de drogas como ecstasy ou cocaína, podem levar a ranger os dentes.

 

9 - A falta de dentição pode levar ao bruxismo. 
A remoção de um dente, particularmente na zona de trás da boca pode alterar a sua “mordida” ou seja a forma como os seus dentes encaixam uns nos outros quando fecha a boca. Essa “disfunção” repentina pode induzir a pessoa a iniciar o acto de ranger os dentes.

Ver Mais

Fonte:

Artigo da autoria Eduardo Bastos (Visão)

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!