Saúde

ESTUDO EVIDENCIA IMPORTÂNCIA DA ECOGRAFIA MÚSCULO-ESQUELÉTICA ENQUANTO FERRAMENTA DE DIAGNÓSTICO E DECISÃO TERAPÊUTICA

Ecografia músculo-esquelética desempenha papel crucial no diagnóstico, monitorização, decisão e intervenção terapêutica

Os resultados do estudo apontam para uma evolução tendencial da ecografia em reumatologia. 

De um exame exclusivamente anatómico passará a ser dirigido ao diagnóstico precoce, monitorização ou avaliação de actividade da doença. A ecografia será, com efeito, um complemento à avaliação clínica, com importância para o diagnóstico ou decisão terapêutica imediata.

A par com os avanços tecnológicos, a investigação e conhecimento científico fomentou o progresso na definição de lesões e na validação da ecografia no diagnóstico e monitorização de doenças. Assim, a ecografia músculo-esquelética tem-se revelado de grande interesse e importância na prática clínica diária em Reumatologia.

De acordo com os investigadores, “no presente e no futuro espera-se que a ecografia músculo-esquelética seja um importante auxílio no diagnóstico, monitorização e avaliação de actividade de diversas patologias inflamatórias (…) bem como no auxílio à decisão terapêutica. Pretende-se que seja uma ferramenta útil, prática e acessível na assistência aos doentes reumáticos e que, no futuro próximo, possa ser uma técnica dominada por todos os reumatologistas, funcionando como um complemento permanente à avaliação clínica diária dos seus doentes.”

A evolução da ecografia na prática clínica de Reumatologia é algo que dependerá do tempo e vontade dos reumatologistas.

Ver Mais

Fonte:

Artigo completo

Partilha este artigo

Share to Facebook Share to Twitter Share to Google + Share to Mail

Cursos Relacionados

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!