1ª Edição
Porto 40h Português

Quiropraxia Clínica

09 Jul 2020 - 12 Jul 2020

Quiropraxia Clínica

Melhor preço

499€

ATÉ 11 DE MAIO

529€A PARTIR DE 12 DE MAIO

559€A PARTIR DE 26 DE MAIO

Inscreve-te neste curso com um amigo e ambos poderão usufruir de um desconto!
Ver regulamento aqui

Quiropraxia – uma das ferramentas clínicas com maior sucesso nas algias vertebrais e sintomas associados

O Curso de Quiropraxia Clínica traz o fisioterapeuta brasileiro e mestre em bases gerais da cirurgia Alessandro Viterbo a Portugal, para uma formação intensiva de 40 horas, altamente prática, que abordará diversas linhas dentro da terapia, o diagnóstico palpatório dinâmico, o raciocínio clínico, os testes ortopédicos, a avaliação específica e os tipos de abordagem, no sentido de capacitar o participante para a prática de técnicas quiropráticas, gerais e específicas, de forma segura e com resultados.

DESTINATÁRIOS

Fisioterapeutas e osteopatas (tb. estudantes)

VAGAS

24 formandos

DATAS

09 Jul 2020 - 12 Jul 2020

LIMITE DE INSCRIÇÃO

08 Jun 2020

HORÁRIOS

8h00-19h30

quinta-feira a sábado

8h00-17h30

domingo

LOCALIZAÇÃO

Hotel Black Tulip

Avenida da República, nº 2038

4430-195 Vila Nova de Gaia, Porto

COORDENADAS

Latitude: 41,1204304

Longitude: -8,6064404

FORMADOR

Brasil

Alessandro Viterbo

Terapia Manual

Fisioterapeuta, mestre em Bases Gerais da Cirurgia e especialista em Quiropraxia.

Alessandro Viterbo - Master Science Lab
A quiropraxia ocupa-se do diagnóstico, tratamento e prevenção de condições neuro-músculo-esqueléticas, em especial algias vertebrais e sintomas associados [1, 2], sendo actualmente aplicada por mais de 95 mil profissionais a nível mundial. O tratamento consiste na aplicação de métodos não invasivos, destacando-se as técnicas de terapia manual, em especial a terapia de manipulação articular [3, 4].

Nas últimas décadas, estudos evidenciam a eficácia clínica do tratamento com quiropraxia para o tratamento de diversas afecções músculo-esqueléticas. A satisfação de pacientes e a redução de custos também estão associadas ao tratamento com quiropraxia [5-7].

A quiropraxia é actualmente regulamentada como uma profissão independente em diversos países e está integrada nos sistemas públicos de saúde da Dinamarca, Suíça, Canadá e EUA, entre outros [8]. Nos EUA, calcula-se que metade dos ortopedistas encaminham pacientes para tratamento quiroprático [9].

O ajuste quiroprático é um procedimento preciso e específico, direccionado às articulações que apresentam alterações biomecânicas específicas, com o propósito de restaurar a mobilidade, reduzir a dor e restabelecer a função articular normal.

Outros procedimentos manuais como orientação de exercícios, correcção postural e técnicas de relaxamento muscular também são utilizados no tratamento dos pacientes [10-12].

A manipulação provoca efeitos fisiológicos locais e sistémicos. Entre estes, pode citar-se [13-17]:
- Diminuição de sintomas dolorosos
- Aumento da amplitude de movimento
- Aumento do limiar de dor à pressão
- Diminuição da tensão muscular e da actividade eléctrica da musculatura
- Aumento do fluxo sanguíneo periférico
- Diminuição da pressão sanguínea
- Aumento dos níveis plasmáticos de beta-endorfina
- Aumento da actividade metabólica dos neutrófilos

Por conseguinte, a lombalgia é a condição clínica melhor estudada, seguindo-se as cervicalgias e as cefaleias.

Uma extensa revisão realizada pelo American College of Physicians e American Pain Society indica que há evidências que a manipulação articular é benéfica para o tratamento de lombalgia aguda, subaguda ou crónica [18].

Revisões sistemáticas também indicam que as técnicas quiropráticas são benéficas para o tratamento da cervicalgia persistente, associada ou não a cefaleias [19,20]. Há ainda evidências de que pode ser eficaz para o tratamento de enxaquecas, cefaleias do tipo tensional e cefaleias cervicogénicas [21-23].

Vários estudos indicam que pacientes relatam estar satisfeitos com o tratamento com Quiropraxia [24,25]. Uma revisão da literatura sugere que o índice de satisfação com o tratamento quiroprático atinge mais de 80% dos pacientes atendidos [26]. A satisfação de pacientes com o tratamento quiroprático pode também conferir benefícios clínicos de curto-prazo e influir na percepção da melhoria proporcionada pelo tratamento [27].

O Curso de Quiropraxia Clínica traz o fisioterapeuta brasileiro e mestre em bases gerais da cirurgia Alessandro Viterbo a Portugal, para uma formação intensiva de 40 horas, altamente prática, que abordará diversas linhas dentro da terapia, o diagnóstico palpatório dinâmico, o raciocínio clínico, os testes ortopédicos, a avaliação específica e os tipos de abordagem, no sentido de capacitar o participante para a prática de técnicas quiropráticas, gerais e específicas, de forma segura e com resultados.

Através desta formação o profissional estará apto a utilizar este excelente arsenal terapêutico na reabilitação em ortopedia-traumatologia, desportiva, reumatológica, fisioterapia preventiva e promoção da saúde, configurando-se como um importante segmento de actuação do profissional para o presente e futuro.

Este curso é fundamental e preparatório para o nível avançado de quiropraxia que é o Método de Gonstead.




Referências bibliográficas:
1. Nelson CF, Lawrence DJ, Triano JJ, Bronfort G, Perle SM, Metz RD, Hegetschweiler K, LaBrot T (2005). "Chiropractic as spine care: a model for the profession". Chiropractic & Osteopathy. 13 (1): 9. doi:10.1186/1746-1340-13-9. PMC 1185558. PMID 16000175
2. Chapman-Smith DA, Cleveland CS III (2005). «International status, standards, and education of the chiropractic profession». In: Haldeman S, Dagenais S, Budgell B, et al. Principles and Practice of Chiropractic 3rd ed. [S.l.]: McGraw-Hill. pp. 111–34. ISBN 0-07-137534-1
3. Mootz RD, Shekelle PG (1997). "Content of practice". In Cherkin DC, Mootz RD (eds.). Chiropractic in the United States: Training, Practice, and Research. Rockville, MD: Agency for Health Care Policy and Research. pp. 67–91. OCLC 39856366. AHCPR Pub No. 98-N002.
4. Christensen MG, editor. Practice analysis of chiropractic. A project report, survey analysis, and summary of the practice of chiropractic in the United States. Michigan: National Board of Chiropractic Examiners; 2010.
5. Legorreta AP, Metz RD, Nelson CF, Ray S, Chernicoff HO, Dinubile NA. Comparative analysis of individuals with and without chiropractic coverage: patient characteristics, utilization and costs. Arch Intern Med. 2004;164:1985-92. doi:10.1001/archinte.164.18.1985.
6. Gaumer G. Factors associated with patient satisfaction with chiropractic care: survey and review of the literature. J Manip Physiol Ther. 2006;29:455-62.
7. Gemmell HA, Hayes BM. Patient satisfaction with chiropractic physicians in an independent physicians’ association. J Manip Physiol Ther. 2001;24:556-9.
8. Chapman-Smith D. Current status of the profession. Chiropractic Rep. 2013;27:1-8.
9. Busse JW, Jacobs C, Ngo T, Rodine R, Torrance D, Jim J, Kulkarni AV, Petrisor B, Drew B, Bhandari M. Attitudes toward chiropractic: a survey of North American orthopedic surgeons. Spine. 2009;34:2818-25. doi: 10.1097/ BRS.0b013e3181c1512f
10. Haldeman S, editor. Principles and practice of chiropractic. New York: McGraw-Hill, 2005.
11. Bergmann TF, Peterson DH, editors. Chiropractic technique. Principles and procedures. Philadelphia: Elsevier Mosby; 2010.
12. Byfield D. Technique skills in chiropractic. Philadelphia: Elsevier Churchill Livingstone; 2012.
13. Bracher ESB. Manipulação vertebral. In: Greve JMD, Amatuzzi MM. Medicina de reabilitação nas lombalgias crônicas. São Paulo: Roca; 2003. p.255-90.
14. Mireau D, Kirkaldy-Willis WH, Thiel HW. Spinal manipulation. In: Kirkaldy-Willis WH, Bernard TN. Managing low back pain. Philadelphia: Churchill Livingstone; 1999. p.322-40.
15. Maigne J-Y, Vautravers P. Mechanism of action of spinal manipulative therapy. Joint Bone Spine. 2003;70:336-41.
16. Shambaugh P. Changes in electrical activity in muscles resulting from chiropractic adjustment. J Manip Physiol Ther. 1988;11:445-6.
17. Brennan PC, Triano JJ, McGregor M, Kokjohn K, Hondras MA, Brennan DC. Enhanced neutrophil respiratory burst as a biological marker for manipulation forces. J Manip Physiol Ther. 1992;15:83-9.
18. Chou R, Atlas SJ, Stanos SP, Rosenquist RW. Nonsurgical interventional therapies for low back pain: a review of the evidence for an American Pain Society clinical practice guideline. Spine. 2009;34:1078-93. doi: 10.1097/ BRS.0b013e3181a103b1.
19. Bronfort G, Haas M, Evans RL, Bouter LM. Efficacy of spinal manipulation and mobilization for low back pain and neck pain: a systematic review and best evidence synthesis. Spine J. 2004;4:335-56. http://dx.doi.org/10.1016/j. spinee.2003.06.002
20. Gross AR, Hoving JL, Haines TA, Goldsmith CH, Kay T, Aker P, Bronfort G, Cervical Overview Group. A Cochrane review of manipulation and mobilization for mechanical neck disorders. Spine. 2004;29:1541-8. doi: 10.1097/01. BRS.0000131218.35875.ED
21. Hass M, Spegman A, Peterson D, Aicken M, Vavrek D. Dose response and efficacy of spinal manipulation 182 Rev Med (São Paulo). 2013 jul.-set.,92(3):173-82. for chronic cervicogenic headache: a pilot randomized controlled trial. Spine J. 2010;10(2):117-28. doi: 10.1016/j. spinee.2009.09.002.
22. Boline PD, Kassak K, Bronfort G, Nelson C, Anderson AV. Spinal manipulation vs. amitriptyline for the treatment of chronic tension-type headaches: a randomized clinical trial. J Manip Physiol Ther. 1995;18:148-54.
23. Fernández-de-las-Peñas C; Alonso-Blanco C; San-Roman J; Miangolarra-Page JC. Methodological quality of randomized controlled trials of spinal manipulation and mobilization in tension-type headache, migraine, and cervicogenic headache. J Orthop Sports Phys Ther. 2006;36:160-9.
24. Landmark Heathcare, inc. The Landmark report on public perceptions of alternative care. Sacramento, CA: Landmark Healthcare, Inc.; 1998.
25. Manga P, Angus D, Papadopoulos C, Swan W. The effectiveness and cost-effectiveness of chiropractic management of low-back pain. Ottawa: University of Ottawa; 1993.
26. Gaumer G. Factors associated with patient satisfaction with chiropractic care: survey and review of the literature. J Manip Physiol Ther. 2006;29:455-62.
27. Hurwitz EL, Morgenstern H, Yu F. Satisfaction as a predictor of clinical outcomes among chiropractic and medical patients enrolled in the UCLA low back pain study. Spine. 2005;30:2121-8.
28. Bracher ESB, Benedicto CC, Ana Paula Albuquerque Facchinato APA. Quiropraxia / Chiropractic. Rev Med (São Paulo). 2013 jul.-set.,92(3):173-82.

Ver Mais

1. Conhecer uma técnica manipulativa efectiva que permitirá avaliar e tratar a grande maioria das disfunções do sistema neuro-músculo-esquelético.
2. Dominar a aplicação das técnicas ajustivas em coluna vertebral, pélvis, membros superiores e inferiores, para uma aplicação clínica imediata.
1. Introdução à Quiropraxia
2. História, Conceitos, Fundamentos de Quiropraxia e Complexo de Sub-luxação
3. Morfologia e biomecânica da coluna vertebral
4. O sistema nervoso, muscular e ligamentar
5. Avaliação clínica com exame subjetivo e objetivo
6. Diagnóstico Palpatório Estático e Dinâmico MP - Moving Palpation
7. Quick Scan
8. Mobilidade articular: Hipomobilidade x Hipermobilidade
9. Testes de Mobilidade Axial
10. Testes de Mobilidade Apendicular
11. Introdução a Técnica Básica de Thrust
12. Técnicas Ajustivas de Baixa Amplitude e de Alta Velocidade
13. Protocolo/ Técnicas de Ajustes Gerais – TAGs
14. Quiropraxia aplicada na região lombar e sacra – Axial
15. Quiropraxia aplicada na região torácica – Axial
16. Quiropraxia aplicada na região cervical – Axial
17. Ajuste específico para hérnia discal
18. Ajuste específico para ATM
19. Exercícios terapêuticos específicos para coluna vertebral
20. Fundamentos iniciais de SOT

Ver Mais

Sem informação
Certificado de frequência de formação profissional, de acordo com o decreto 35/2002, de 23 de abril.

Modo de pagamento

Totalidade

100%

na inscrição

Faseado

50%
na inscrição
50%
até 03.07.2020

Notas

Inclui coffee-break (café, chá e água) + Documentação de apoio + Certificado

Alessandro Viterbo

Fisioterapeuta, mestre em Bases Gerais da Cirurgia (UNESP) e especialista em Quiropraxia pelo COFFITO e pela ANAFIQ, com estágios clínicos no Centro de Tratamento de Coluna Vertebral da Universidade de Nova Iorque e na Universidade de Pittsburgh. Foi Professor Assistente na Universidade Federal do Amazonas. Membro do Grupo de Pesquisa Diversidade Genética de amostras da População Humana do Médio Solimões. É Assessor Científico da Revista Fisioterapia Ser e sócio director do Instituto Avante Ltda. Orador frequente em eventos científicos.

Ver Mais

1. Dominará uma técnica manipulativa com aplicabilidade imediata que lhe permitirá avaliar e tratar a grande maioria das afecções da coluna vertebral:
- Tratamento dos desalinhamentos articulares, que interferem na função normal de músculos e nervos.
- Tratamento de patologias de hérnias de disco, alteração postural e dor lombar ou cefaleias, através de técnicas de ajuste HVLA.
2. Aprenderá a realizar um diagnóstico integral, baseado no raciocínio clínico e avaliação criteriosa, que o capacitará a intervir em diferentes ambientes clínicos: consultório privado, clínica multidisciplinar, clubes desportivos e ginásios.
CERTIFICAÇÕES E APOIOS
Certificado 1 - Master Science Lab

Formação Complementar

1890€
Especialização em Terapia Manual Integral (TMI)

FORMADOR Tomás Bonino

Técnicas + eficazes de diferentes métodos num só curso. Coluna cervical, lombar, dorsal e tórax. Membro superior e inferior. Sistema postural.

1800€

Kinetic Control - The Movement Solution

9 Abr - 26 Jul 2020 96h Porto

Kinetic Control - The Movement Solution

FORMADOR Pablo Marinho, Michal Hadala

Curso completo. Estratégias da neurociência. Diagnóstico e classificação da lesão. Análise da eficiência do controlo do movimento.

1254€

Método Pold de Terapia Manual

30 Out - 20 Dez 2020 90h Porto

Método Pold de Terapia Manual

FORMADOR Ricardo Amorim, Juan López Díaz

C/ criador do Método POLD + 1.º instrutor europeu do International POLD Institute. Técnicas cutâneas, sub-cutâneas, fasciais, musculares e articulares.

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!