1ª Edição
Porto 60h Espanhol

Neuromodulação Percutânea Ecoguiada (NMP-e)

31 Jan 2020 - 08 Mar 2020

Neuromodulação Percutânea Ecoguiada (NMP-e)

Melhor preço

1290€

ATÉ 2 DE DEZEMBRO

1365€A PARTIR DE 3 DE DEZEMBRO

1440€A PARTIR DE 17 DE DEZEMBRO

Inscreve-te neste curso com um amigo e ambos poderão usufruir de um desconto!
Ver regulamento aqui

A formação mais completa e avançada nas diferentes regiões do sistema neuro-músculo-esquelético

A Neuromodulação Percutânea Ecoguiada (NMP-e) constitui uma nova abordagem terapêutica para o utente com dor crónica quando o tratamento conservador e/ou farmacológico não permite a extinção da sintomatologia descrita, e uma ferramenta muito útil para modificar o padrão motor em disfunção. A correcta aplicação requer um adequado conhecimento da sonoanatomia muscular, bem como dos principais troncos nervosos periféricos. O curso de NMP-e ministrado pelos prestigiados docentes do Master Oficial em Fisioterapia Invasiva, da Universidade San Pablo CEU, reconhecido a nível internacional como o mais completo e actualizado na sua área de especialidade, é uma formação avançada dirigida, exclusivamente, a fisioterapeutas que sejam detentores de conhecimentos prévios de ecografia músculo-esquelética.

DESTINATÁRIOS

Licenciados em Fisioterapia com formação prévia em ecografia músculo-esquelética (requisito obrigatório: prévia frequência de formação em ecografia músculo-esquelética mínima de 30 horas).

VAGAS

24 formandos

DATAS

31 Jan 2020 - 08 Mar 2020

Seminário 1

31 Jan 2020 - 02 Fev 2020

Seminário 2

14 Fev 2020 - 16 Fev 2020

Seminário 3

06 Mar 2020 - 08 Mar 2020

LIMITE DE INSCRIÇÃO

30 Dez 2019

HORÁRIOS

15h00-20h00

sexta-feira

8h30-20h00

sábado

8h30-13h30

domingo

LOCALIZAÇÃO

Hotel Black Tulip

Avenida da República, nº 2038

4430-195 Vila Nova de Gaia, Porto

COORDENADAS

Latitude: 41,1204304

Longitude: -8,6064404

FORMADOR
A técnica de neuromodulação percutânea ecoguiada (NMP-e) consiste numa estimulação eléctrica, através de uma agulha guiada por ecografia, de um nervo periférico em algum ponto do seu trajecto ou de um músculo (ponto motor), com um fim terapêutico. [1]

A aplicação baseia-se na estimulação com uma agulha de punção associada a uma corrente elétrica de baixa ou média frequência tentando evocar uma resposta sensitiva e/ou motora ao estimular o nervo periférico, alcançado ainda uma resposta motora ao ser estimulado um ponto motor (resposta não controlada, anárquica e exagerada que se normaliza durante a aplicação do estímulo elétrico). [1]

Os principais objectivos da neuromodulação são:
- Diminuir a dor aguda ou crónica
- Restaurar a função do sistema nervoso: a nível periférico, central, somático, autonómico, sensorial, motor, vascular, glandular e visceral.
- Melhorar a função neuromuscular, os padrões de recrutamento muscular e o controlo motor.

Em suma, restabelecer a função normal de todas as estruturas, seja um músculo, um nervo, uma cápsula, um tendão ou um ligamento.

A eficácia da neuromodulação é determinada pela colocação da agulha próxima ao nervo a abordar ou do tecido conjuntivo que o envolve [2,3], ou ainda num ponto motor de um determinado músculo, previamente selecionado durante a avaliação. A realização do procedimento de forma ecoguiada vai permitir uma melhor localização destas estruturas, e uma estimulação selectiva dos diferentes fascículos nervosos, alcançando, assim, a resposta mais adequada (parestesia ou resposta motor) para a sintomatologia apresentada pelo utente.

Outra das vantagens da neuromodulação percutânea ecoguiada é a possibilidade de obter uma resposta de músculos pouco acessíveis graças à estimulação do tronco nervoso que os inerva, como por exemplo, a estimulação do músculo diafragma através da abordagem sobre o nervo frénico a nível supracavicular no seu trajecto superficial ao músculo escaleno anterior, ou a estimulação do músculo serrátil anterior através da abordagem sobre o nervo torácico longo entre o grande dorsal e o serrátil anterior. [1]

Utilizada de forma personalizada em cada utente, através de uma intervenção segura, sem efeitos secundários e possibilitando, muitas vezes, uma redução da toma medicamentosa, a NMP-e é uma ferramenta inovadora, com aplicação em todos os tecidos (nervo, ligamento, tendão, cápsula, músculo, periósteo, pele e/ou estruturas vasculares), e indicada num número significativo de lesões do sistema neuro-músculo-esquelético, tais como:
- Dor crónica
- Instabilidades articulares
- Disfunções segmentares da coluna
- Hérnias discais associadas a radiculopatia
- Entrapment nervoso
-Lesões musculares

O curso de Neuromodulação Percutânea Ecoguiada (NMP-e), ministrado pelos prestigiados docentes do Master Oficial em Fisioterapia Invasiva, da Universidade San Pablo CEU, reconhecido a nível internacional como o mais completo e actualizado na sua área de especialidade, é uma formação avançada dirigida, exclusivamente, a fisioterapeutas que sejam detentores de conhecimentos prévio de ecografia músculo-esquelética.

Esta proposta formativa surge da integração dos últimos avanços na neurociência e dos fundamentos e da evidência clínica no uso de técnicas de fisioterapia invasiva com estímulo eléctrico com guia ecográfico.

Um curso essencialmente prático, com aplicabilidade imediata na prática clínica, baseado em:
1) Conteúdos teóricos com uma orientação clínica.
2) Descrição da abordagem anatómica e ecográfica por regiões e estruturas.
3) Aplicações práticas das diferentes intervenções.
4) Resolução de casos práticos.
5) Práticas reais entre participantes.
6) Casos clínicos reais.

Referências bibliográficas:
1. Garrido FV e Munõz FM. Fisioterapia invasiva. Elsevier. 2.ª ed; 2017; 10:283-294.
2. Huntoon MA, Huntoon EA, Obray JB, et al. Feasibility of ultrasound-guided percutaneous placement of peripheral nerve stimulation electrodes in a cadáver model: Par tone, lower extremity. Reg Anesth Pain Med 2008; 33:551-7.
3. Huntoon MA, Hoelzer BC, Burgher AH, et al. Feasibility study of ultrasound-guided percutaneous placement of peripheral nerve stimulation electrodes in a cadáver model: Part two, upper extremity. Reg Anesth Pain Med 2008; 33:558-65.

Ver Mais

- Conhecer os princípios anatómicos e neurofisiológicos da técnica de neuromodulação percutânea.
- Conhecer as diferentes modalidades e metodología de aplicação da técnica de NMP-e.
- Aprender a aplicar a técnica de NMP-e nas diferentes regiões do sistema neuro musculoesquelético, integrando a evidência científica disponível com a prática clínica.
1. NEUROCIÊNCIA APLICADA ÀS LESÕES E DISFUNÇÕES NEURO-MÚSCULO-ESQUELÉTICAS

2. NEUROMODULAÇÃO PERCUTÂNEA ECOGUIADA (NMP-e): CONCEITO E UTILIDADE CLÍNICA

3. ORGANIZAÇÃO ANATOMO-FUNCIONAL DO SISTEMA NEURO-MÚSCULO-CONECTIVO
3.1. Sistema somatossensorial e centros neuronais de processamento.
3.2. Sistema somatomotor.
3.3. Sistema nervoso autónomo.
3.4. Relevância funcional da neuromatriz somática sensorimotora e autónoma.

4. NERVOS PERIFÉRICOS
4.1. Organização do nervo espinal. Composição e distribuição topográfica funcional do nervo periférico.
4.2. Plexos nervosos dos ramos anteriores.
4.3. Nervos intercostais e da região abdominal.
4.4. Ramos posteriores dos nervos espinais: ramo medial e ramo lateral.

5. LESÃO ESTRUTURAL, DISFUNÇÃO E DOR
5.1. Dor e alterações neurofuncionais: modelo clássico estrutural.
5.2. Da clínica à evidência científica.

6. AVALIAÇÃO, DIAGNÓSTICO DE FISIOTERAPIA E SELEÇÃO DA LESÃO TERAPÊUTICA, COM RELACIONAMENTO CLÍNICO
6.1 Avaliação sensorial cutânea.
6.2. Avaliação do esclerotoma.
6.3. Avaliação neuromuscular.
6.4. Avaliação do sistema nervoso autónomo.
6.5. Avaliação do movimento activo funcional e variabilidade do movimento passivo.
6.6. Diagnóstico de fisioterapia e seleção da lesão terapêutica: mapa de disfunções.

7. CORRENTES ELÉCTRICAS EM NEUROMODULAÇÃO
7.1. Tipos de correntes e parâmetros
7.2. Correntes eléctricas para analgesia
7.3. Correntes eléctricas para optimização dos sistema sensorial, motor e autónomo

8. MODALIDADES DE APLICAÇÃO. METODOLOGIA
8.1. Percutânea ecoguiada (NMP-e):
- Subcutânea
- Profunda
8.2. Transcutânea unipolar:
- Nervo facial
- Nervo trigémio. Nervo auriculotemporal (rama do nervo mandibular V3)
- Rama auricular do nervo vago (nervo de Alderman)
- Nervo de Arnold
- Nervo acessório
- Nervo frénico
- Plexo braquial supraclavicular
- Ramas terminais do MMSS (radial, cubital e mediano)
- Ramas terminais do MMII (perónio comum e tibial)
8.3. Transcutânea bipolar: aplicação de correntes farádicas na coluna

9. NMP-e NA CABEÇA E PESCOÇO
9.1. Ramos posteriores cervicais C1-C4 (Plexo de Cruveilhier):
- Nervo de Arnold
9.2. Plexo cervical superficial (Punto de Erb):
- Nervo auricular maior
9.3. Nervo acessório
9.4. Músculos:
- Maséter
- Oblíquo inferior da cabeça
- Esplénio da cabeça
9.5. Tecido capsular:
- ATM
- Articulações facetárias cervicais
9.6. Casos clínicos

10. NMP-e NA REGIÃO CERVICAL ANTEROLATERAL
10.1. Plexo braquial supraclavicular:
- Tronco superior
- Tronco médio
- Nervos peitorais
- Nervo dorsal da escápula
- Nervo torácico largo
- Nervo supra-escapular
10.2. Músculos:
- Escaleno anterior
- Escaleno medio
10.3. Casos clínicos

11. NMP-e NAS REGIÕES CERVICAL E TORÁCICA POSTERIOR
11.1. Nervo acessório
11.2. Ramos posteriores dos nervos raquídeos (C5-C6, T1-T6):
- Ramo medial
11.3. Músculos:
- Multífidos.
- Elevador da escápula
11.4. Casos clínicos

12. NMP-e NA CINTURA ESCAPULAR E EXT. SUPERIOR
12.1. Plexo braquial infra-clavicular:
- Fascículo lateral
12.2. Ramas terminais:
- Nervo axilar
- Nervo músculo-cutâneo
- Nervo radial: rama profunda/nervo interósseo antebraquial posterior, rama superficial.
- Nervo mediano: nervo interósseo antebraquial anterior.
- Nervo cubital.
12.3. Músculos:
- Redondo maior
- Subescapular
- Peitoral menor
- Interósseos: dorsais e palmares
12.4. Tecido capsulo-ligamentoso:
- Cápsula glenoumeral
- Cápsula acromioclavicular
- Ligamento coracoacromial
- Ligamento colateral medial do cotovelo
12.5. Tendões:
- Supraespinhoso
12.6 Outros tecidos de frequente interesse clínico:
- Fibrocartilagem triangular
- Bursas: subacromial/subdeltóidea, subcoracoidea
12.7 Casos clínicos

13. NMP-e NA REGIÃO LOMBAR
13.1. Plexo lombar.
13.2. Ramas terminais:
- Rama medial do ramo posterior (T11- L2).
- Nervo ilioinguinal
- Nervo iliohipogástrico
- Nervo subcostal
13.3. Músculos:
- Quadrado lombar
- Psoas maior
13.4. Casos clínicos

14. NMP-e NA REGIÃO GLÚTEA
14.1. Ramas terminais:
- Ramos posteriores sacros
- Nervo glúteo superior
- Nervo glúteo inferior.
- Nervo ciático (infra-piriforme)
14.2. Músculos:
- Piriforme
- Quadrado femoral
- Glúteo médio
14.3. Tecido capsulo-ligamentoso:
- Articulação sacroilíaca.
- Ligamentos sacroilíacos posteriores.
14.4. Casos clínicos.

15. NMP-e NA EXTREMIDADE INFERIOR
15.1 Ramas terminais:
- Nervo cutâneo femoral lateral
- Nervo femoral
- Nervo safeno
- Nervo ciático
- Nervo obturador (ramo anterior e ramo posterior).
- Nervo perónio profundo
- Nervo perónio superficial
- Nervo tibial
- Nervo plantar lateral e medial (túnel do tarso)
- Nervo sural
15.2. Músculos:
- Poplíteo
- Flexor largo do primeiro dedo
-Tibial posterior
- Suliar
- Interósseos dorsais e plantares.
15.3 Tecido cápsulo-ligamentoso:
- Processo cápsular anterior coxofemoral
- Ligamento talocalcâneo interósseo (Sinal do tarso)
15.4 Tendões:
- Paratendão Aquiles
15.5 Outros tecidos de frequente interesse clínico:
- Processo supra-patelar
- Gordura de Hoffa
15.6. Casos clínicos

Ver Mais

Sem informação
Certificado Internacional emitido pela MVClinic.

Certificado de frequência de formação profissional, de acordo com o decreto 35/2002, de 23 de abril.

Modo de pagamento

Totalidade

100%

na inscrição

Faseado

25%
na inscrição
25%
até 24.01.2020
25%
até 07.02.2020
25%
até 28.02.2020

Notas

Inclui coffee-break + Documentação de apoio + material para a prática no curso + Certificado de formação profissional

Ver Mais

Fermin Valera

Fisioterapeuta especialista em fisioterapia invasiva e fisioterapia desportiva. É Doutor “Cum Laude” mencionado pela Asociación Española de Fisioterapeutas (AEF) e pelo Consejo General de Colegios de Fisioterapeutas (CGCF). Além do reconhecimento enquanto Fisioterapeuta, é como docente, acreditado pela ACAP, em várias pós-graduações de diferentes universidades, e investigador, com várias publicações e comunicações apresentadas em congressos nacionais e internacionais, que é distinguido. É formador sénior de electrólise percutânea músculo-esquelética, co-director do master oficial em fisioterapia invasiva da Universidade CEU San Pablo (Madrid), co-autor dos livros “Fisioterapia Invasiva” (Elsevier, 2016) e “Advanced Techniques in Musculoskeletal Medicine & Physiotherapy using minimally invasive therapies in practice” (Elsevier, 2015) e editor chefe das revistas “Fisioterapia Invasiva” e “Journal of Invasive Techniques in Physical Therapy” (Thieme).

Francisco Minaya

Fisioterapeuta especialista em fisioterapia invasiva e fisioterapia desportiva, já representou o emblema do Real Madrid FC. Apresenta larga experiência em docência e investigação, aliada a constantes comunicações em pós-graduações, congressos e conferências nacionais e internacionais. É formador sénior de electrólise percutânea músculo-esquelética, coordenador académico do master oficial em fisioterapia invasiva da Universidade CEU San Pablo (Madrid), co-autor dos livros “Fisioterapia Invasiva” (Elsevier, 2016) e “Advanced Techniques in Musculoskeletal Medicine & Physiotherapy using minimally invasive therapies in practice” (Elsevier, 2015) e editor associado das revistas “Fisioterapia Invasiva” e “Journal of Invasive Techniques in Physical Therapy” (Thieme).

David Álvarez Prats

Fisioterapeuta especialista em reabilitação osteoarticular (Universidad Autónoma de Madrid), é ainda detentor de um Máster em Fisioterapia Invasiva (Universidad CEU San Pablo). Com extensa formação complementar em Mulligan e técnicas miofasciais (Tupimek - U.Autónoma Madrid). É técnico em termografia clínica pela IACT e membro da EAT de Termografia. Co-autor do capítulo “Termografía en fisioterapia” do livro “Fisioterapia Invasiva”, da Elsevier. Tem experiência enquanto docente universitário (Universidad Europea de Madrid) e experiência clínica de mais de 15 anos, enquanto director técnico da Clínica Fisioterapia Océano (Madrid). Participante assíduo como orador em congressos e jornadas científicas e universitárias.

Francisco Santana Segura

Médico e fisioterapeuta, detentor de mestrado em fisioterapia invasiva (Universidad CEU San Pablo). A sua actividade clínica e na área da investigação centra-se na dor neuro-músculo-esquelética, neuromodulação somatoautonómica mediante técnicas de fisioterapia invasiva, vias e mecanismos neurológicos implicados nas técnicas de fisioterapia invasiva e em disfunções e lesões estruturais do aparelho locomotor, e na anatomia topográfica aplicada às abordagens em fisioterapia invasiva. É o responsável pela área da fisioterapia neurofuncional na clínica Sohail (Málaga).

Óscar Carvajal Fernández

Fisioterapeuta há quase 20 anos, traz consigo uma extensa bagagem de formações complementares universitárias, como a especialização em fisioterapia osteoarticular (Universidad Autónoma de Madrid), terapias miofasciais (Tupimek - U.Autónoma Madrid), mobilização neurodinâmica e o reputado master em fisioterapia invasiva (Universidad CEU San Pablo). Actualmente, articula a prática clínica com a de docente em percursos relacionados com a termografia e a fisioterapia invasiva. É especialista na aplicação da imagem infravermelha na prática clínica (TISR). Está ainda envolvido em inúmeras actividades de investigação em distintas universidades. Co-autor do capítulo “Termografía en fisioterapia” do livro “Fisioterapia Invasiva”, da Elsevier. Participante assíduo como orador em congressos e jornadas científicas e universitárias.

Ver Mais

1. Vais privar com uma equipa de formadores de elite, alguns dos maiores investigadores na área da fisioterapia invasiva e docentes do prestigiado Master em Fisioterapia Invasiva da Universidade San Pablo CEU (Madrid).
2. Vais aprender a:
- Modular directamente o SNP e indirectamente o SNC, optimizando o sistema neuro-músculo-esquelético.
- Normalizar o sistema somato-motor, somato-sensorial e o sistema nervoso autónomo.
- Restabelecer a função normal de todas as estruturas, seja um músculo, um nervo, uma cápsula, um tendão ou um ligamento.

Formação Complementar

Confirmado 1090€
Electrólise Percutânea Músculo-Esquelética Ecoguiada (EPM)

FORMADOR Fermin Valera, Francisco Minaya (+1)

Aplicação isolada e combinada. Tratamento de tendinopatias, lesões ligamentares e musculares, pontos gatilho miofasciais. Protocolos de EPM e bioregulação tecidular.

FORMADOR Membro docente do Musculosketletal Ultrasound In Physical Therapy (MUP)

Selo de qualidade da Musculoskeletal Ultrasound in Physical Therapy (MUP). Estudo avançado articular, miotendinoso, cápsulo-ligamentar, neural e vascular.

FORMADOR Membro docente do Musculosketletal Ultrasound In Physical Therapy (MUP)

Recurso complementar de excelência. Fisiologia e patologia do tendão, músculo, ligamento e nervo.

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!