5ª Edição
Leiria 8h Sem informação de idioma

Resistance Exercise Performance (REP) Roadshow

22 Jul 2018

Resistance Exercise Performance (REP) Roadshow

REP, SET, GO! João Moscão irá percorrer Portugal de Norte a Sul para ensinar o que de melhor se faz na área do Fitness.

Através da sensibilização para a importância da reformulação sobre a forma como é pensado o treino à alteração para um modus operandi verdadeiramente individualizado, desafiamos-te a acompanhar João Moscão neste roadshow composto por 3 masterclasses distintas, dedicadas a cada um dos seguintes temas: força e mobilidade; osteoartrose e exercício; e alta intensidade muscular.

DESTINATÁRIOS

Técnicos de Exercicio Físico. Profissionais das ciências da saúde e do desporto (tb. estudantes).

VAGAS

0 formandos

DATAS

22 Jul 2018

Força e mobilidade

22 Jul 2018

Osteoartrose e exercício

22 Jul 2018

Alta intensidade muscular

22 Jul 2018

LIMITE DE INSCRIÇÃO

18 Jun 2018

HORÁRIOS

Sem informações
LOCALIZAÇÃO

Ginásio Be-Fit Leiria

Alto Vieiro Park, Zona Indústrial do Alto Vieiro, A19 Km 120,800 - Lado Esquerdo, Parceiros

2400-441 Leiria, Leiria

COORDENADAS

Latitude: 0

Longitude: 0

GALERIA
FORMADOR

Portugal

João Moscão

Exercício

Criador e formador do REP

João Moscão - Master Science Lab
Visando o estudo profundo das ciências do corpo e da biomecânica, vistos de uma perspectiva prática e única em Portugal, estas acções de formação preveem a melhoria da qualidade técnica dos Técnicos de Exercício Físico, nomeadamente os que prestam serviços de treino personalizado.

Através da sensibilização para a importância da reformulação sobre a forma como é pensado o treino à alteração para um modus operandi verdadeiramente individualizado, onde todas as decisões são relativas ao corpo e às necessidades do praticante, eis com maior detalhe a informação respeitante a cada workshop:

FORÇA E MOBILIDADE - Efeito do treino com resistências na mobilidade e na produção de força

A capacidade motora designada de mobilidade (habitual e equivocamente designada ?flexibilidade?) é uma componente basilar do movimento humano. Contudo, a forma de desenvolvimento desta capacidade não é consensual.
Assim, será dada enfâse aos efeitos do treino da mobilidade nos níveis de força, na prevenção de lesões, no desempenho desportivo e na estrutura e função muscular. Será, igualmente, efectuada uma reflexão sobre o efeito das diferentes técnicas de treino da mobilidade, tais como a facilitação neuromuscular proprioceptiva (PNF) e a dinâmica. Serão também abordados os efeitos do treino com resistências na mobilidade e na capacidade de produzir força ? a forma como o treino isométrico poderá ser de grande utilidade na recuperação da mobilidade limitada, ou na prevenção da perda sucessiva de tal importante capacidade física.
Algumas técnicas importantes neste contexto serão mostradas e praticadas, à luz da segurança e objectividade ? nomeadamente os isométricos com resistência manual em marquesa.
Um workshop que procurará dotar os profissionais do exercício de instrumentos eficazes na estimulação da mobilidade, sem recurso às tradicionais técnicas que muito têm sido questionadas ? por comportarem um grande risco de interrupção da normal mobilidade dos praticantes.

ALTA INTENSIDADE MUSCULAR - Revisão à alta intensidade muscular

As primeiras concepções de High Intensity Training (H.I.T.) radicam a 1970. Contudo, desde então, o conceito de H.I.T. assume diferente contornos: as cargas usadas foram substancialmente diminuídas, a velocidade de execução muito aumentada ("explosivo"), os exercícios mais complexos (?integrados?) e a alternância entre 2 ou mais exercícios e o repouso foi um recurso que deu origem ao High Intensity Interval Training (H.I.I.T.). Os critérios de execução e a interpretação da tolerância estão na base desta transformação.
Enquanto a ciência e a experiência traduzem os contornos da evolução, será sempre preferível escolher um método onde a forma é o critério central. Portanto, na tentativa de trazer luz científica às ideias de Arthur Jones, João Moscão revisita, com a devida fundamentação e adaptação ao contexto de fitness para a saúde, a Alta Intensidade Muscular como nunca antes nesta área.

OSTEOARTROSE E EXERCÍCIO - Treino com resistências como solução viável para evitar a osteoartrose ou controlar a sua progressão

A articulação humana apresenta uma anatomia e fisiologia altamente preventiva de desgaste. Os factores causais primários da osteoartrose aparentam ser mecânicos: alterações anatómicas, excesso de carga ou fraqueza muscular. Destes, a fraqueza muscular é o factor mais associado à osteoartrose, tendo como principais causas a inactividade física e lesão articular.
Neste contexto, o treino com resistências apresenta-se como uma solução viável para evitar a osteoartrose ou controlar a sua progressão.
Esta Masterclass decorre do artigo de opinião escrito recentemente por João Moscão e representa o culminar de uma extensiva pesquisa e estudo sobre a anatomia e fisiologia articular, bem como do papel do fortalecimento muscular na prevenção e controlo desta prevalente condição patológica.
Com intuito de colocar cada vez mais credibilidade no sector do fitness, urge que a abordagem dos treinadores seja criteriosamente analisada à luz da ciência e sempre com o cliente ? as suas particularidades ? no centro de todo o processo.

Ver Mais

- Conhecer os efeitos documentos do alongamento.
- Entender o papel do fortalecimento muscular na mobilidade.
- Construir exercício adaptados à expressa limitação de mobilidade, de forma segura e dirigida à força agonista.
- Conhecer os processos envolvidos na manutenção e desgaste do tecido cartilagíneo.
- Entender o papel do fortalecimento muscular na prevenção e controlo da osteoartrose.
- Construir exercício adaptados a esta patologia, de forma a evitar acelerar a degeneração ? se possível a melhoria da função.
- Entender o que é intensidade.
- Conhecer as recomendações clássicas de Arthur Jones.
- Saber dirigir o cliente para a maior Intensidade Muscular possível num dado exercício.
FORÇA E MOBILIDADE (2 horas)
1. Acerca do alongamento
a. Popularidade
b. Flexibilidade vs mobilidade ? correcção de termos
c. Os malefícios do alongamento
d. A importância da qualidade de encurtamento
2. O papel do treino com resistências
a. Melhoria da mobilidade
b. Exercício isométricos
i. Coluna
ii. Extremidade inferior
iii. Extremidade superior

OSTEOARTROSE E EXERCÍCIO (3 horas)
1. Caracterização da cartilagem
a. Tolerância à compressão
b. Tolerância à fricção
2. Osteoartrose
a. Causas
b. Intolerância e desgaste
c. Importância do exercício
3. Práticas
a. Conceitos de congruência e incongruência articular
b. Como treinar com osteoartrose:
i. Ombro
ii. Coluna
iii. Anca
iv. Joelho

ALTA INTENSIDADE MUSCULAR (3 horas)
1. Re-caracterização da variável Intensidade.
2. As recomendações típicas de Arthur Jones.
3. As falhas interpretativas na ciência dos últimos anos.
4. Recomendações baseadas em evidência.
5. Prática de Alta Intensidade Muscular.

Ver Mais

Sem informação
Certificado de presença, em formato digital, emitido pela Master.

Formação homologada pelo Instituto do Desporto e Juventude (IDP, I. P) para efeitos da renovação de cédula (PROCAFD/TEF e DT) com 1.6 Unidades de Crédito Presenciais.

Modo de pagamento

Totalidade

100%

na inscrição

Faseado

0%
na inscrição
0%
até 13.07.2018
0%
até 13.07.2018
0%
até 13.07.2018

Ver Mais

João Moscão

Actualmente é o criador e formador do programa de ensino profissional Resistance Exercise Performance – REP. Iniciou actividade como treinador particular em 2005, tendo sido coordenador e consultor técnico de vários health clubs em Lisboa. É formador profissional desde 2011, tendo sido um dos fundadores da EXS Exercise School, onde foi formador e Director Pedagógico durante 4 anos. Foi representante para Portugal, entre 2014 e 2017, da escola de treino internacional Resistance Training Specialist (RTS®). Dedica o seu estudo à mobilidade em exercício, bem como às ciências da anatomia e fisiologia do sistema neuro-músculo-articular aplicadas ao exercício com resistências, temas sobre os quais tem palestrado em diversos eventos internacionais de exercício.

Ver Mais

1. Vais aprender a pensar o treino: desafia a apresentar processos de pensamento e tomada de decisão, em vez de directrizes;
?A verdadeira educação é aprender como pensar e não o que pensar? (Jiddu Krishnamurti)

2. É uma formação com base em evidências científicas e lógicas
?O maior inimigo do conhecimento não é a ignorância, mas sim a ilusão de conhecimento.? (Stephan Hawking)

3. Treino verdadeiramente individualizado ? todas as decisões são relativizadas ao corpo e necessidades do praticante.
?O treino que é prescrito para todos não serve bem a ninguém em particular.? (João Moscão)
CERTIFICAÇÕES E APOIOS
Certificado 1 - Master Science Lab
Certificado 2 - Master Science Lab

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!