1ª Edição
Braga 24h Sem informação de idioma

Reabilitação Vestibular: Avaliação e Tratamento - Básico e Avançado

04 Jul 2014 - 06 Jul 2014

Reabilitação Vestibular: Avaliação e Tratamento - Básico e Avançado

Os distúrbios do sistema vestibular atingem cerca de 10 a 25% da população em algum momento da sua vida

Em Portugal, a vertigem e o desequilíbrio são dois dos motivos mais frequentes na procura de atendimento médico especializado na urgência. Estima-se ainda que, cerca de 20% dos indivíduos entre os 18 e os 65 anos de idade, já tenham sentido um episódio de perturbação do equilíbrio e que cerca de 30% destes mantêm queixas ao fim de 12 meses.

DESTINATÁRIOS

Fisioterapeutas, Médicos, Terapeutas Ocupacionais, Audiologistas, Osteopatas (tb. Estudantes)

VAGAS

0 formandos

DATAS

04 Jul 2014 - 06 Jul 2014

LIMITE DE INSCRIÇÃO

04 Jun 2014

HORÁRIOS

Sem informações
LOCALIZAÇÃO

Ginásio Flexgym

Rua dos Barbosas 119

4715-086 Braga, Braga

COORDENADAS

Latitude: 0

Longitude: 0

FORMADOR

Brasil

André Santos

Terapia Manual

Referência Mundial na área da Reabilitação Vestibular

André Santos - Master Science Lab
Na América, aproximadamente 69 milhões de indivíduos (35% da população), experienciou algum tipo de disfunção vestibular, de acordo com o National Institute on Deafness and Other Communication Disorders (2). O mesmo relatório, indica que 8 milhões relataram problemas crónicos de equilíbrio e 2,4 milhões identificaram um problema crónico de tonturas.A vertigem posicional paroxística benigna (VPPB) foi a disfunção com maior incidência (50%).

Em Portugal, a vertigem e o desiquilíbrio são dois dos motivos mais frequentes na procura de atendimento médico especializado na urgência. Estima-se ainda que, cerca de 20% dos indivíduos entre os 18 e os 65 anos de idade, já tenham sentido um episódio de perturbação do equilíbrio e que cerca de 30% destes mantêm queixas ao fim de 12 meses. Estes números aumentam exponencialmente na população acima dos 65 anos, tornando-se num dos principais problemas de saúde neste grupo etário, particularmente com o aumento da esperança média de vida. Assim, sendo a Reabilitação Vestibular uma área de trabalho em franca expansão, com resultados impactantes no bem-estar e na qualidade de vida dos pacientes, a MASTER traz até Portugal um dos nomes mais sonantes da área, a nível mundial: Prof. Dr. André Santos, fisioterapeuta, membro da Bárány Society (International Society for Neuro-Otology) e da Vestibular Disorders Association (EUA), sócio-fundador da Associação Brasileira de Fisioterapia Neurofuncional e director do Instituto Brasileiro de Fisioterapia Vestibular e Equilíbrio (IBRAFIVE), para ministrar este curso que permitará ao formando desenvolver competências sólidas e adquirir ferramentas eficazes no tratamento funcional dos distúrbios vestibulares.

Uma formação completamente baseada em evidência ciêntifica e na ampla experiência clínica do formador em questão, onde adquirirá métodos semiológicos e exames funcionais complementares, que o conduzirão ao correcto diagnóstico funcional e tratamento mais eficaz. Ao longo do curso serão ainda apresentados estudos de caso, protocolos internacionais, as aplicações práticas das manobras utilizadas na reabilitação vestibular e ainda técnicas de terapia manual.O equilíbrio utiliza 3 aferências sensoriais: vestibular, visual e proprioceptiva. Estas informações são transmitidas ao Sistema Nervoso Central, onde são seleccionadas, comparadas, arquivadas e hierarquizadas a fim de ser processada a ordem motora (p.ex. a estratégia de equilíbrio, realizada pelos efectores motore que visam a estabilidade visual e postural, de forma a evitar a queda). Assim, qualquer alteração no sistema vestibular periférico ou central irá provocar sinais (nistagmo espontâneo, desvios posturais) e sintomas (vertigens, nistagmo patológico, desequilíbrio, oscilópsia, alterações da visão, náuseas e vómitos, rigidez cervical, acufenos, palidez, sudorese, ataxia vestibular e alterações da consciência), com importantes limitações funcionais e da qualidade de vida do doente.

Com o objectivo de maximizar a independência funcional, a segurança, a autonomia e a qualidade de vida do paciente, a reabilitação vestibular baseia a sua actuação nos mecanismos de neuroplasticidade que visam uma compensação central mais célere e eficaz, mas também de recuperação de função.

As suas principais indicações são: lesões vestibulares periféricas (sobretudo os défices vestibulares periféricos unilaterais, de que são exemplos as nevrites vestibulares e as labirintites), défices vestibulares bilaterais, défices multissensoriais do idoso, síndromes vestibulares centrais, vertigens psicogénicas, vertigens posicionais (VPPB e vertigens posicionais centrais), vertigens visuais e cinetose.

Sabias que:
- Mais de 20 artigos científicos, de vários centros de pesquisa mundiais, observaram que houve considerável evidência científica de que a Reabilitação Vestibular foi eficaz e segura no controlo dos sinais e sintomas de pacientes com tonturas
- Nos casos de vertigem posicional paroxística benigna [VPPB], as manobras de reposição dos cristais são mais eficazes e melhoram a qualidade de vida quando comparado ao uso de medicamentos antivertiginosos?
- As evidências indicam que encaminhar ou iniciar a Reabilitaçao Vestibular o quanto antes pode proporcionar melhoria dos sintomas de tontura e prevenir complicações futuras, como ansiedade, redução da capacidade funcional e possibilidade de quedas. A intervenção pela Reabilitação Vestibular, na fase aguda, configura uma abordagem efectiva e segura nos pacientes com síndromes vestibulares?

Ver Mais

Objectivo geral:
Treinar e capacitar o profissional no controlo de síndromes vestibulares, periféricas ou centrais.

Objectivos específicos:
1. Avaliar e reconhecer as síndromes vertiginosas.
2. Realizar de modo preciso, o exame físico direccionado para o diagnóstico cinético funcional.
3. Conduzir e preparar o tratamento adequado para cada diagnóstico funcional definido, com intenso treino das técnicas específicas da reabilitação vestibular. Competências adquiridas pelo formando no final da formação.
1. Adquirir amplos conhecimentos anatomofisiológicos do sistema vestibular.
2. Obter a destreza necessária para realizar uma avaliação funcional detalhada.
3. Melhorar o raciocínio clínico. Denotar capacidade para elaborar um diagnóstico cinético-funcional eficaz e assim prescrever um tratamento racional e personalizado.
4. Saber como conduzir um eficaz follow-up ao paciente.
Guidelines de acordo com a Vestibular Disorders Association (EUA) e o IBRAFIVE (Brasil)

Dia 1
Anatomia e fisiologia do sistema vestibular
Bases fisiopatológicas, etiologia, sinais e sintomas
Elementos críticos do exame clínico funcional
Compensação vestibular (habituação, adaptação e substituição)
Vertigem posicional paroxística benigna (VPPB) - avaliação e diagnóstico; Casos complexos
Manobra de Dix-Hallpike vs Teste de insuficiência vértebro-basilar
Tratamento da VPPB - Casos simples e complexos VPPB além do canal semicircular posterior

Dia 2
Hipofunção vestibular unilateral - fundamentos e prática
Hipofunção vestibular bilateral - fundamentos e prática
Vídeos - casos clínicos Relação anatomo-funcional vestibular vs coluna cervical (central e periférica)
Concussão cerebral e vertigem

Dia 3
Tontura e idosos
Vertigem e migrânea (enxaqueca)
Tontura em crianças
Vertigem e ansiedade
Casos clínicos
Revisão geral
Protocolos
Novidades

Ver Mais

Sem informação
Certificado Internacional emitido pelo Instituto Brasileiro de Fisioterapia Vestibular e Equilíbrio (IBRAFIVE)

Certificado de frequência de formação profissional, de acordo com o decreto 35/2002, de 23 de abril.

Modo de pagamento

Totalidade

100%

na inscrição

Faseado

50%
na inscrição
50%
até 27.06.2014

André Santos

É uma honra receber em Portugal uma das maiores referências mundiais na área da Reabilitação Vestibular. Fisioterapeuta desde 1993, é membro da Bárány Society (International Society for Neuro-Otology) e da Vestibular Disorders Association – EUA. Com doutoramento em fisioterapia, tem dedicado os últimos anos em exclusivo à investigação, docência e clínica na área da Reabilitação Vestibular.

1. Adquirir os mais recentes conhecimentos científicos numa área de intervenção em grande crescimento (reabilitação vestibular) para controlo das síndromes vertiginosas e de desequilíbrio;
2. Face ao crescente número de pacientes com tonturas e desequilíbrios, muitas vezes associadas a limitações vs o tratamento medicamentoso, o mercado tem necessidade urgente em receber profissionais com formação específica em reabilitação vestibular;
3. Ser formado por uma das maiores referências mundiais na área da reabilitação vestibular - Prof. Dr. André Santos;
4. Melhoria do CV e dos recursos terapêuticos numa área de trabalho ainda pouco explorada em Portugal;
5. Obter uma certificação internacional pela IBRAFIVE e ainda uma certificação de formação profissional emitida pela MASTER.
CERTIFICAÇÕES E APOIOS
Certificado 1 - Master Science Lab
Certificado 2 - Master Science Lab

O que dizem os nossos formandos?

Formação Complementar

FORMADOR Tomás Bonino

Palpação intra e extra-oral. Estabilização articular (côndilo-disco-temporal). Anatomia funcional. Técnicas articulares, musculares e proprioceptivas.

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!