1ª Edição
Braga 32h Sem informação de idioma

Kinetic Control® - Shoulder & Cervical Spine + Solutions for Understanding Movement and Function

01 Jan 2015 - 31 Dez 2015

Kinetic Control® - Shoulder & Cervical Spine + Solutions for Understanding Movement and Function

Kinetic Control® - Shoulder & Cervical Spine + Solutions for Understanding Movement and Function

Certificado internacional | Identificação, diagnóstico e reeducação de disfunções de movimento | Estabilidade dinâmica e equilíbrio muscular

DESTINATÁRIOS

Fisioterapeutas, Médicos, Osteopatas, Quiropratas (tb. Estudantes)

VAGAS

0 formandos

DATAS

01 Jan 2015 - 31 Dez 2015

Módulo 1: Introdução ao Conceito: “Solutions for Understanding Movement and Function”

01 Jan 0001

Módulo 2: “Solutions for the Shoulder & Cervical Spine”

01 Jan 0001

LIMITE DE INSCRIÇÃO

01 Dez 2014

HORÁRIOS

Sem informações
LOCALIZAÇÃO

Ginásio Flexgym

Rua dos Barbosas 119

4715-086 Braga, Braga

COORDENADAS

Latitude: 0

Longitude: 0

Desejo antigo, tornado realidade. Trabalhar com um dos maiores grupos de investigação do mundo (Reino Unido) na área da análise do movimento e soluções terapêuticas para as disfunções do movimento = Kinetic Control®. Mark Comerford desenvolveu o método Kinetic Control® influenciado por Janda e Sahrmann, a partir da sua experiência clínica e de pesquisas sobre controlo motor desenvolvidas na universidade de Queensland na Austrália. Kinetic Control® é o resultado de pesquisas científicas constantes com o fim claro de permitir ao profissional uma abordagem efectiva do controlo do movimento, optimização da função e prevenção de recidivas. A MASTER sem rodeios afirma que esta é claramente uma área onde habitualmente os profissionais não investem. Regra todos se preocupam com mobilizações ou manipulações articulares, fasciais ou neurais, mas esquecem algo tão elementar ao bem estar de uma articulação como o controlo motor (activação perfeitamente sincronizada dos músculos estabilizadores locais, globais e ainda dos mobilizadores globais de uma dada região). Por exemplo se um paciente apresenta um conflito sub-acromial, será interessante desactivar um ponto gatilho do subescapular, realizar uma manobra articular para inferiorizar a cabeça do úmero e flexibilizar o grande peitoral? Sim, sem dúvida. Mas a grande questão, é que habitualmente a intervenção fica por ?aqui?. Regra todos se esquecem que depois de normalizar a articulação esta forçosamente para apresentar bom padrão de movimento deve apresentar uma activação sequencial de determinados músculos. E melhorar o posicionamento articular, por si só não oferece garantia alguma de que a articulação apresente potencial para apresentar um movimento fluído e com ausência de dor/desconforto. Se existe um bom controlo motor = ausência de restrição/dor/desconforto. Se o controlo motor é fraco = possibilidade de existência de restrição e dor. Inúmeras evidências científicas determinam que as disfunções musculares podem ser a causa da persistência de patologias do aparelho locomotor. A dor pode causar alterações no recrutamento muscular e consequentemente alterações na dinâmica do movimento de uma articulação, ou seja, na estabilidade dinâmica articular, e ainda, o uso incorrecto da musculatura, pode causar desequilíbrios e estes podem ser a causa da manifestação dolorosa (Comerford & Mottran 2001, Sahrmann 2001). Kinetic Control® foi fundada em 1995 com o objectivo de desenvolver um processo sistemático de avaliação das alterações de movimento baseado nos resultados científicos obtidos, integrado com a terapia manual moderna (evidence based) e criando uma metodologia de reabilitação para reeducar a estabilidade dinâmica e o equilíbrio muscular. As disfunções de movimento podem derivar da incapacidade funcional ou falência do sistema estabilizador local ou global ou ainda, o cedimento (give) de ambos. O sistema muscular local compreende os músculos que garantem o controlo da translação de um segmento, independentemente da direção do movimento e promovem ?stiffness? (rigidez fisiológica) articular durante o movimento. O sistema muscular global compreende os músculos responsáveis pelo movimento e alinhamento. Os músculos globais controlam a estabilidade dinâmica durante toda a ADM, agem numa certa direcção e são influenciados pela actividade dos antagonistas. Para controlar a estabilidade funcional é necessário uma perfeita coordenação dos dois sistemas local e global. O Kinetic Control® utiliza um sistema de classificação dos músculos baseando-se nos resultados científicos em relação à função e à disfunção destes e utiliza 4 pontos fundamentais para reabilitar os problemas de estabilidade dinâmica: 1. Reabilitar o controlo dinâmico na direcção da disfunção, controlando o cedimento (give) e movendo a restrição na direcção dos movimentos sintomáticos; 2. Controlar a translação da articulação, treinando a actividade tónica do sistema local utilizando um baixo limiar de activação; 3. Reabilitar o controlo dos estabilizadores globais durante toda a amplitude de movimento cuja função principal é de controlar o movimento excêntrico e as rotações; 4. Alongar e/ou inibir os mobilizadores globais através de técnicas específicas. Os cursos Kinetic Control® propiciam as bases para a avaliação clínica e para a elaboração de um processo de reabilitação verificando as hipóteses da causa da disfunção do paciente através de um minucioso raciocínio clinico. Utiliza ainda um processo de reprogramação neuromuscular através de exercícios de activação muscular específica para corrigir e recuperar um padrão motor ideal. Cada módulo dos cursos Kinetic Control® compreende o tratamento das disfunções do movimento através de uma analise teórico-pratica da zona em estudo com o objectivo de individualizar a relação entre dor mecânica, posição, alinhamento e padrão motor. É sempre realizada uma revisão da anatomia, biomecânica e das funções articulares, descrevendo detalhadamente as estratégias de avaliação e reabilitação através do: 1. Controlo da direção; 2. Controlo da translação; 3. Controlo através da amplitude; 4. Controlo da extensibilidade. Não perca a oportunidade! O modo como irá avaliar e intervir junto do seu paciente mudará seguramente para sempre.

Ver Mais

Objectivo geral Os cursos de KC capacitam os profissionais para avaliar, diagnosticar e classificar a disfunção no controlo motor e como abordar as disfunções de movimento. Os profissionais conseguirão assim identificar e entender os mecanismos das estratégias motoras inapropriadas aplicar um programa de reabilitação específico baseado no raciocínio clínico. Objectivos específicos 1. Identificar as reais prioridades clínicas baseando-se no raciocínio clínico; 2. Identificar as disfunções de estabilidade a partir de um modelo clínico; 3. Avaliar, diagnosticar e classificar o movimento em termos de dor e disfunção através de uma perspectiva biomecânica e de controlo motor; 4. Desenvolver a capacidade de identificar qualquer problema de controlo motor e de formular estratégias de reabilitação específicas para restabelecer uma óptima funcionalidade motora; 5. Refinar as habilidades de observação e palpação em relação ao recrutamento muscular e controlo de movimento; 6. Desenvolver uma estrutura de avaliação para diagnosticar a disfunção (resposta de protecção anormal, restrição articular e miofascial, translação não controlada, direcção do movimento sem controlo adequado)

Ver Mais

Módulo 1 - "Introdução" (curso de frequência obrigatória para a realização de módulos avançados) Módulo com o objectivo de introduzir aos formandos os conceitos relativos a estabilidade dinâmica e aspectos teóricos sobre as disfunções de movimento de modo sistemático e lógico. Propõe ainda um programa de correção individual e específico baseado na avaliação da disfunção de movimento. O curso fornece as bases para uma avaliação, raciocínio clínico e reabilitação dos sistemas local e global. - Entender o movimento e a função - Considerações fisiológicas - Considerações anatómicas e biomecânicas - Classificação funcional dos músculos segundo Kinetic Control® - A estabilidade em relação à força - a disfunção da estabilidade - O processo de management e as estratégias de reabilitação - Controlo da direcção - conceitos, avaliação e reabilitação - Controlo da translação (zona neutra) - conceitos, avaliação e reabilitação - Controle através da amplitude - conceitos, avaliação e reabilitação - Controlo da extensibilidade dos mobilizadores globais - conceitos, avaliação e reabilitação - Integração local e global na reabilitação da função normal - Decisões clínicas e planemaneto da intervenção terapêutica - Encerramento Módulo 2 - ?Coluna Cervical e Ombro? Compreende uma análise teórico-prática da coluna cervical e complexo articular do ombro com o objectivo de individualizar a relação entre dor mecânica, posição, alinhamento e esquema de movimento. Será realizada uma revisão da anatomia, biomecânica e das funções da coluna cervical, escapulo-torácica e gleno-umeral, descrevendo detalhadamente as estratégias de avaliação e reabilitação. Ombro: - Revisão das disfunções de movimento - Postura e a função da cintura escapular - Anatomia funcional escapulo-toracica - Músculos que influenciam a posição da omoplata, a estabilidade e o movimento - Anatomia funcional - gleno-umeral - Músculos que influenciam a estabilidade e o movimento da gleno-umeral - Postura e alinhamento da cintura escapular - Palpação - Avaliação do alinhamento estático - Reposição cinestésica - Avaliação da disfunção do movimento da cintura escapular - Movimento ideal tóraco-escapulo-umeral - Impingement e instabilidade - Controlo da direção da cintura escapular - conceitos, avaliação e reabilitação - Testes da disfunção da estabilidade da cintura escapular - Teste cinético para a rotação interna - Controlo da zona neutra da cintura escapular - conceitos, avaliação e reabilitação: Articulação escapulo - torácica (trapézio superior e inferior: avaliação e reabilitação) Articulação gleno - umeral (subescapular: avaliação e reabilitação) - Controlo através da ADM - conceitos, avaliação e reabilitação Articulação escapulo - torácica (trapézio superior, inferior, serrátil anterior: avaliação e reabilitação) Articulação gleno - umeral (rotadores internos (inner range e outer range) | rotadores externos (inner range) - Controlo da extensibilidade dos mobilizadores globais - conceitos, avaliação e reabilitação Cintura escapular e gleno-umeral (trapézio superior, elevador da omoplata, rombóides, peitoral menor e maior, grande dorsal, infraespinhoso e redondo menor, deltóide) - Resumo das difunções da cintura escapular e da articulação gleno-umeral e reabilitação - Encerramento Coluna Cervical - Revisão das disfunções de movimento - A função da musculatura cervical - Adaptação postural e alinhamento - Reposição cinestésica - Controlo da direcção - conceitos, avaliação e reabilitação Disfunção da estabilidade em flexão, extensão, rotação e flexão lateral - Controlo da translação (zona neutra)- conceitos, avaliação e reabilitação Estabilizadores anteriores e posteriores em posição neutra Estabilizadores anteriores e posteriores em carga funcional Controlo através da ADM - conceitos, avaliação e reabilitação Estabilizadores anteriores - da metade a inner range Estabilizadores anteriores - da metade a outer range Estabilizadores posteriores - cervico-torácica Estabilizadores posteriores - suboccipitais Controlo da extensibilidade dos mobilizadores - conceitos, avaliação e reabilitação Ligamento nucal Extensores suboccipitais Hióides Escalenos Esternocleidomastoideu Trapézio superior Elevador da omoplata Resumo das disfunções da estabilidade da coluna cervical Avaliação dos participantes e encerramento

Ver Mais

Sem informação
Sem informação

Modo de pagamento

Totalidade

100%

na inscrição

Faseado

0%
na inscrição
0%
até 26.12.2014
0%
até 26.12.2014

Ver Mais

Sem informação
1. Conseguirá desenvolver a capacidade de identificar, diagnosticar e reeducar uma disfunção de movimento através de um framework baseado no controlo do movimento descontrolado (causa da disfunção) suportado pela melhor evidência científica obtendo assim resultados rápidos, eficazes e que diminuem a incidência de recidivas de modo drástico.

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!