2ª Edição
Porto 18h Sem informação de idioma

Crochetagem Mio-Aponevrótica®

20 Mai 2016 - 22 Mai 2016

Crochetagem Mio-Aponevrótica®

Crochetagem Mio-Aponevrótica®

Terapia manual. Cadeias lesionais. Anatomia palpatória. Disfunções mecânicas, neurológicas e vasculares. Com Jules Boone (Bélgica), criador do gancho mio-aponevrótico.

DESTINATÁRIOS

Fisioterapeutas, Médicos, Osteopatas, Quiropatas (tb. Estudantes)

VAGAS

0 formandos

DATAS

20 Mai 2016 - 22 Mai 2016

LIMITE DE INSCRIÇÃO

20 Abr 2016

HORÁRIOS

Sem informações
LOCALIZAÇÃO

Campus Académico - Jean Piaget

Alameda Jean Piaget

4405-678 Gulpilhares, Porto

COORDENADAS

Latitude: 0

Longitude: 0

Este é um tema apresentado em Portugal há já alguns anos e o número de adeptos deste conceito é crescente, justificado pelos resultados alcançados uma vez que o profissional dispõe de um instrumento, chamado Gancho Mio-Aponevrótico, para aceder a locais anatómicos que de outra forma seria muito difícil utilizando apenas com as mãos. Geram-se assim respostas fisiológicas de importante impacto clínico, que se justificam de modo muito sintético pela capacidade de lise de tecido conjuntivo que se encontre aderente, melhorando assim a sua capacidade de deslize, elasticidade, resistência à tracção e nutrição. A grande novidade desta formação é o facto de o formador ser o criador do gancho mio-aponevrótico, cuidadosamente confecionado com resinas de características especiais. Jules Boone (Bélgica) criou, no ano de 1992, o conceito de Crochetagem Mio-Aponevrótica® (CMA), tendo por base os trabalhos do fisioterapeuta sueco Kurt Ekman (colaborador de Cyriax), sendo este o pai do conceito de crochetagem (crochet = gancho). Jules Boone, nosso formador, tem o mérito não só de ter estudado e desenvolvido um gancho com características distintas, mas também pelo facto de ter aportado ao conceito original conceitos da osteopatia e cadeias musculares, tornando o conceito de CMA mais completo do que o desenvolvido inicialmente. O uso destes ganchos permitem enorme precisão e eficiência quando se pretende abordar um tecido conjuntivo profundo, algo que muitas vezes é extremamente difícil utilizando apenas a mão do profissional. Depois de vários anos de estudo a CMA mostrou ser um método complementar útil e eficaz em todas as condições patológicas que se caracterizem por uma alteração do tecido conjuntivo (derme, ligamento, tendão, fáscia, tecido intra e intermuscular, etc). E, como é sabido por todos, são raras as patologias neuro-músculo-esqueléticas que não acarretam alteração do tecido conjuntivo.Existem 3 principais características que ditam o sucesso da CMA: 1. O gancho permite grande precisão de trabalho e ainda o alcance de estruturas que se encontrem localizadas profundamente. 2. Processo terapêutico indolor. 3. Pelo facto de existirem ganchos com 4 curvaturas de diferentes tamanhos, a CMA pode ser adaptada de forma perfeita a distintas regiões anatómicas. Este é um conceito que não pretende substituir uma técnica em particular. Pretende sim complementar e potenciar todas as técnicas de intervenção que o profissional já domina. Reforçamos a importância de todos os pormenores anatómicos lançados durante o curso que serão uma constante. Com certeza que a sua manualidade e conhecimento de anatomia palpatória sairá também reforçado com esta formação. A CMA tem indicação em condições mecânicas, vasculares e neurológicas. Deixamos apenas alguns exemplos: 1. Mecânicas: aderências pós cirúrgicas com limitação articular + dor músculo-esquelética (tendinite, torcicolo, lombalgia, pubalgia, etc) + adesões pós trauma de tecidos com efusão + cicatrizes 2. Vasculares: síndromes tróficos (síndrome do compartimento, distrofia simpático-reflexa, etc) 3. Neurológicas: neuralgias consecutivas a irritação mecânica (occipialgia, neuralgia cervico-braquial, etc) + tratamento de pontos reflexos.

Ver Mais

Objectivos gerais: - Saber como integrar um novo modelo de intervenção (CMA) na sua prática clínica. - Conhecer as indicações e contra-indicações da CMA. - Melhorar conhecimentos de anatomia palpatória. Objectivos específicos: - Manusear com rigor o gancho mio-aponevrótico. - Planear uma estratégia de intervenção num leque diverso de patologias. - Integrar a CMA na prática clínica juntamente com outras estratégias de tratamento.
Dia 1: História do método Explicação do tecido conjuntivo Definição de CMA Anatomia topográfica do membro inferior Anatomia palpatória do membro inferior Com base nos planos de separação do corpo (muscular) Notching com o grande gancho para se familiarizar com a tomada da ferramenta. Aplicação da tecnologia em patologias esportivas, como tendinite de Aquiles, entorses de tornozelo, lesão muscular. Dia 2: Anatomia topográfica dos membros inferiores (continuação) pélvis. Anatomia palpatória da pelve Desenho da pelve Escolher o membro inferior (continuação) e da pelve Anatomia topográfica do ombro Anatomia palpatória do ombro Desenho de região do ombro Escolher o ombro. Implementação da técnica em patologia como ciática, HSP. Dia 3: Anatomia topográfica da coluna cervical Anatomia palpatória desta região Desenho da região lateral do pescoço Notching desta região Aplicação da técnica através da origem inter-escaleno BCN, neuralgia occipital Arnold. Anatomia topográfica do membro superior Anatomia palpatória do membro superior Desenho da área Aplicação da CMA através de cotovelo de tenista, do túnel do carpo.

Ver Mais

Sem informação
Sem informação

Modo de pagamento

Totalidade

100%

na inscrição

Faseado

50%
na inscrição
50%
até 13.05.2016
Sem informação
1. Pertencer a um leque relativamente restrito de profissionais em Portugal com formação na área. Apesar de ter dado entrada em Portugal há já alguns anos, não são muitos os profissionais com formação de elevado nível nesta área particular. 2. Obtenção de um certificado internacional + certificado de formação profissional. 3. Ter o privilégio de ter como formador um dos mais conceituados osteopatas da Europa e criador do conceito CMA, Dr. Jules Boone (Bélgica).

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!