1ª Edição
Porto 40h Sem informação de idioma

Manipulação Vertebral

05 Out 2017 - 08 Out 2017

Manipulação Vertebral

Manipulação Vertebral

Biomecânica vertebral. Enfase no raciocínio clínico. Técnicas directas, miotensivas e funcionais. Coluna lombar, torácica, cervical, costelas, sacro e ilíacos. Diagnóstico diferencial. Protocolos de tratamento.

DESTINATÁRIOS

Fisioterapeutas e Osteopatas (tb. Estudantes)

VAGAS

0 formandos

DATAS

05 Out 2017 - 08 Out 2017

LIMITE DE INSCRIÇÃO

28 Nov 2016

HORÁRIOS

Sem informações
LOCALIZAÇÃO

Hotel Black Tulip

Avenida da República, nº 2038

4430-195 Vila Nova de Gaia, Porto

COORDENADAS

Latitude: 41,1204304

Longitude: -8,6064404

Dores na coluna vertebral são, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, das queixas mais frequentes nas consultas médicas. Um tratamento clínico objectivo e eficaz, com enfoque na biomecânica e fisiopatologia, poderá diagnosticar correctamente a disfunção vertebral e permitir a elaboração de um plano assente em técnicas de manipulação ajustadas à especificidade de cada caso, beneficiando dos seus resultados imediatos. A Manipulação Vertebral enquadrada na terapia manual, tem crescente evidência clínica e científica, sendo, por isso, das técnicas mais procuradas nos dias de hoje devido à sua eficácia imediata no alívio da dor e no ganho de amplitude articular e tecidular. Embora a Manipulação Vertebral seja comumente associada a quadros álgicos da coluna vertebral, revela-se igualmente eficaz na atenuação das consequências de alterações posturais. Estatísticas comprovam que 52% das enxaquecas são de origem muscular e são resultantes de um desalinhamento entre a 2.ª e 3.ª vértebras cervicais. A estrutura programática do curso de Manipulação Vertebral prevê uma revisão detalhada da anatomia e biomecânica da coluna vertebral, a partir do qual se definem os tipos de disfunções da coluna vertebral para que o formando possa compreender quais as técnicas necessárias para correcção de cada uma delas. O raciocínio clínico na avaliação do paciente será um dos temas centrais da formação, enquanto estratégia diagnóstica osteomioarticular para conhecer os sintomas e encontrar a origem dos mesmos. Por fim, serão abordadas as técnicas de tratamento, a fisiologia, a indicação e a aplicação de cada uma delas. Todo conteúdo teórico é acompanhado da respectiva componente prática, de modo a que o formando esteja apto a aplicar imediatamente o conteúdo estudado, aprimorando a sua capacidade clínica. Assim sendo, é bastante provável que passem por este caminho as respostas que esclarecem todos os diversificados mecanismos associados à instalação de dor nas estruturas axiais articulares, bem como as técnicas de tratamento mais indicadas.

Ver Mais

Objectivos gerais: 1. Aprender a tratar as patologias da coluna vertebral através da manipulação vertebral (técnicas directas, funcionais e miotensivas) 2. Aprende a afectuar uma anamnese completa. 3. Reconhecer os diversos sinais clínicos das patologias da coluna vertebral, integrando-os com a avaliação dos exames instrumentais e os testes clínicos. 4. Elaborar um diagnostico diferencial 5. Saber seleccionar os pacientes que podem ser tratados com manipulação vertebral dos que precisam de encaminhamento diferenciado. 6. Saber elaborar o protocolo de atendimento do paciente, com aplicação dos testes e das técnicas necessários. 7. Saber programar a sequência dos tratamentos e o acompanhamento do paciente no curto, médio e longo-prazos. Objectivos específicos: 1. Conhecer a fisiopatologia e a clínica das queixas mecânicas da coluna vertebral. 2. Conhecer a teoria das mecânicas vertebrais de Littlejohn, das Leis de Fryette e da espinhologia. 3. Conhecer a anatomia, fisiologia e biomecânica do sacro, dos ilíacos, da coluna lombar, da coluna torácica e costelas e da coluna cervical. 4. Avaliar o sacro, os ilíacos, a coluna lombar, a coluna torácica e costelas e a coluna cervical através da observação, dos testes clínicos e do exame palpatório. 5. Saber diagnosticar as lesões do sacro, dos ilíacos, da coluna lombar, torácica e cervical e das costelas. 6. Saber realizar as normalizações do sacro, dos ilíacos, da coluna lombar, torácica e cervical e das costelas através de técnicas directas HVLA, técnicas Muscle Energy e técnicas funcionais. 7. Conhecer a fisiopatologia e a clínica das lombalgias e das lombociatalgias. 8. Elaborar uma estratégia de tratamento osteopático, aplicando o protocolo do Laségue activo e o tratamento localizado da coluna lombar, com os testes osteopáticos e as técnicas relativas. 9. Conhecer a fisiopatolgia e a clínica das lesões da coluna torácica e das costelas. 10. Diferenciar as lesões vertebrais das lesões costais. 11. Aplicar os testes e as técnicas osteopáticas relativas às lesões vertebrais e lesões costais. 12. Conhecer a fisiopatologia e a clínica das cervicalgias e das cervico braquialgias. 13. Avaliar as cervicalgias e as cervicobraquialgias através do exame clínico, dos testes clínicos e do exame palpatório. 14. Elaborar um diagnóstico diferencial das patologias cervicais. 15. Saber diferenciar lesões simples, complexas e lesões complicadas por patologias discais e mielopatias. 16. Elaborar um protocolo de atendimento, aplicando os testes e as técnicas necessárias. 17. Conhecer a fisiopatologia e a clínica das vertigens. 18. Elaborar diagnóstico diferencial dos síndromes vertiginosos 19. Elaborar um protocolo de tratamento específico para vertigens, com os testes e as técnicas específicas.

Ver Mais

I. As mecânicas vertebrais de Littlejohn (T) II. O sacro - Anatomia, fisiologia, biomecânica (T) - Patologia, testes e tratamento, técnicas directas, técnicas miotensivas (Mitchell) (TP) III. Os ilíacos - Anatomia, fisiologia, biomecânica (T) - Patologia, testes e tratamento, técnicas directas, técnicas miotensivas (Mitchell) (TP) IV. A coluna lombar - Anatomia, fisiologia, biomecânica - Leis de Fryette, disfunções, testes e tratamento com técnicas directas, técnicas miotensivas (Mitchell) e técnicas funcionais (TP) VI. As lombalgias e as lombociatalgias (hérnias lombares) - Parte 1 (abordagem directa ao sintoma) - Etiologia, fisiologia, avaliação subjectiva e objectiva e diagnóstico diferencial (TP) - Lesões ?osteopáticas? - Lesões neurológicas (SNP) VII. As lombalgias e lombociatalgias (hérnias lombares) ciáticas - Parte 2 (abordagem indirecta, tratamento das causas) - O método do Lasègue activo (TP) - Responsabilidade do terapeuta (T) VIII. A coluna torácica - Anatomia, fisiologia, biomecânica - Disfunções, fisiopatologia clínica e diagnóstico diferencial, testes e tratamento em técnicas directas, técnicas miotensivas (Mitchell) e técnicas funcionais (TP) IX. A coluna cervical - Anatomia e fisiologia da coluna cervical (T) - Biomecânica vertebral da coluna cervical (T) - Anatomia palpatória da coluna cervical (TP) - As lesões osteopáticas da coluna cervical, fisiopatologia clínica e diagnóstico diferencial (TP) - Leões osteopáticas (a curva normal e a curva verticalizada) - Lesões discais e mielopatias - Testes de avaliação e tratamento das lesões de coluna cervical (TP) - Lesões simples Técnicas directas; Técnicas muscle energy - Lesões discais e mielopatias Técnicas directas em lateralidade Abordagem indirecta; - Lesões complexas Técnicas em lateralidade Técnicas muscle energy Técnica de Fryette OAA - Integração do tratamento de coluna cervical (TP) - As vertigens de origem cervical, fisiopatologia, clínica e tratamento (TP)

Ver Mais

Sem informação
Sem informação

Modo de pagamento

Totalidade

100%

na inscrição

Faseado

50%
na inscrição
50%
até 29.09.2017
Sem informação
1. Irá aprender a tratar as patologias mecânicas da coluna vertebral, focando a atenção nas causas e não apenas nos sintomas. 2. Irá aprender a resolver, de forma rápida e eficaz, as patologias da coluna vertebral evitando as recidivas. 3. Possuir uma ferramenta que permita reduzir o número de intervenções, focando a actividade do profissional na qualidade, em detrimento da quantidade.

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!