1ª Edição
Porto 14h Sem informação de idioma

Mobility and Stability for Performance

01 Jan 2017 - 31 Dez 2017

Mobility and Stability for Performance

Mobility and Stability for Performance

Inédito c/ Greg Dea, PT (Austrália) reputado instrutor de FMS/SFMA e ex-colaborador EXOS (EUA). Inter-relação entre mobilidade, estabilidade, controlo motor e performance através do conceito dos 3 P´s (Posição, Padrão, Potência).

DESTINATÁRIOS

Profissionais de saúde e desporto (tb. estudantes).

VAGAS

0 formandos

DATAS

01 Jan 2017 - 31 Dez 2017

LIMITE DE INSCRIÇÃO

28 Nov 2016

HORÁRIOS

Sem informações
LOCALIZAÇÃO

The Factory - Gymbox

Rua da Lionesa, n.º 446, Edifício C, Loja H

4465-671 Leça do Balio, Porto

COORDENADAS

Latitude: 41,213744

Longitude: -8,624061

Formação imperdível pela 1.ª vez em Portugal, com um reputadíssimo orador internacional, destinada a quem reconhece que a função, movimento, controlo motor e performance devem fazer parte do seu dia-a-dia enquanto profissional de saúde ou desporto. Nos links abaixo é possível acompanhar o Greg Dea: 1. Prepare to Perform 2. Página oficial Facebook Pretende-se que todos os formandos: - Melhorem a sua habilidade em detectar os elos mais fracos da cadeia cinética de movimento (falhas funcionais primárias) - Conheçam intervenções baseadas em evidência científica para prevenção de lesões - Apliquem princípios avançados de aprendizagem motora usada para melhoria do movimento - Desenvolvam uma preparação para o movimento avançado para indivíduos na reabilitação e treino - Desenvolvam skills de facilitação de respiração avançadas, facilitação do movimento no solo, facilitação de transição de posturas e treino de carga - Aprendam self-resets para mobilidade para suporte de preparação de movimento Exibir bons índices de performance é uma condição essencial à população atlética e não atlética, uma vez que falamos de uma mesma anatomia, fisiologia e regras de biomecânica. Como tal, o termo performance não deve ser aplicado apenas a população atlética. Precisamos de corpos realmente funcionais (boa performance) para que o risco de lesão seja baixo. De que tipo de lesões falamos? De todas. Patologia da coifa de um operário fabril, gonartrose de um adulto sénior, patologia lombar num adulto jovem, rotura de isquiotibiais num atleta de futebol, etc? O tipo de lesão e o tipo de sujeito não importa. Importa sim que esse sujeito apresenta um corpo funcional para que se mantenha saudável por muito tempo. Boa performance = baixo risco de lesão = pessoas com maior longevidade Antes de se pensar num gesto técnico ou tarefa específica de uma dada profissão, há que pensar na aquisição de competências básicas e que devem ser transversais a todos os sujeitos para que a aquisição de altos níveis de performance seja uma realidade. E aqui o papel da mobilidade e estabilidade assume um papel decisivo. Este curso pretende ensinar os modelos técnicos mais modernos da actualidade, para a aquisição de padrões óptimos de mobilidade e estabilidade. Irá explicar-se a influência de receptores somatossensoriais (olhos, sistema vestibular, pele, ligamentos, músculos e tendões) e como potenciar a sua função para incrementar a Mobilidade, e do SNC vs. a relação que apresenta com a melhoria de Estabilidade e Controlo Motor. Os formandos conseguirão realizar um transfer imediato dos conhecimentos adquiridos para o seu dia-a-dia: 1. Junto de sujeitos que não tendo dor, pretendem reduzir o seu risco de lesão (prevenção) = melhorar performance 2. Junto de indivíduos que passaram por um processo de dor e necessitam de um programa correctivo que restaure todas as funções perdidas e que estiveram na base do surgimento do quadro clínico. 1. Ausência de dor não garante de todo, que o utente esteja funcional. 2. Pelo que, mesmo depois de a dor ser eliminada, é obrigatório instituir-se um programa correctivo, para que o utente se torne o mais funcional possível, o que determinará a realização das suas tarefas diárias ou desportivas com boa performance = com baixo risco de lesão. Aqui poderá consultar informações adicionais do Greg Dea sobre o presente curso.

Ver Mais

Objectivos gerais: 1. Realizar uma introdução prática, revisão ou avanço nas técnicas para desenvolver um ambiente sensorial rico para detectar inputs de estímulos internos e externos; 2. Fazer uma introdução prática, revisão ou avanço de estratégias para estimular a melhoria no controlo de segmentos corporais, com o fim de expressar a mobilidade; 3. Desenvolver uma compreensão prática da ligação entre mobilidade, estabilidade, controlo motor e performance pelo conceito da posição, padrões e potência. Objectivos específicos: 1. Aplicar a lógica de modelos modernos do movimento para, sistematicamente, encontrar os elos mais fracos da mobilidade, estabilidade e controlo motor na reabilitação e treino; 2. Desenhar estratégias de reabilitação apropriadas baseadas em objectivos do processo de reabilitação e de treino. 3. Perceber como a dor se encaixa no processo de raciocínio clínico da reabilitação e performance. 4. Identificar erros comuns no processo de reabilitação. 5. Descrever e aplicar princípios fundamentais de aprendizagem motora usados para melhorar o movimento. 6. Compreender como definir os comandos apropriados para activamente recuperar mobilidade, controlo motor e estabilidade. 7. Desenvolver as capacidades de avaliação para padrões de movimento com carga 8. Desenvolver as capacidades de instrução para padrões de movimento com carga 9. Integrar a lógica do movimento e intervenção no processo de reabilitação e performance.

Ver Mais

Dia 1 - Modelos técnicos modernos para mobilidade, estabilidade e a sua relação para a performance - Avaliação e reeducação de movimentos primários do tronco envolvendo o quadrante superior e inferior - Avaliação e reeducação de mobilidade e estabilidade do quadrante superior (relação ombro-tronco) Dia 2 - Avaliação e reeducação de mobilidade e estabilidade do quadrante inferior (relação anca-tronco) - Conexão entre o quadrante superior, inferior e o tronco em tarefas motoras evolutivas aliado a padrões de potência - Exercícios e respectiva progressão sem carga e com carga progressiva
Sem informação
Sem informação

Modo de pagamento

Totalidade

100%

na inscrição

Faseado

50%
na inscrição
50%
até 23.12.2016
Sem informação
1. Introdução prática, revisão e estratégias avançadas para: a. desenvolver um ambiente sensorialmente rico para detectar inputs de estímulos externos e internos; b. estimular melhorias no controlo de segmentos corporais com a finalidade de expressar mobilidade; 2. Será proporcionada uma aprendizagem prática da ligação entre mobilidade, estabilidade, controlo motor e performance pelo conceito de posição, padrões e potência. 3. Possibilitará a todos os formandos: a. Melhorar a habilidade em detectar elos mais fracos em indivíduos b. Conhecer intervenções baseadas em evidência científicas para prevenção de lesões c. Aplicar princípios avançados de aprendizagem motora usada para melhoria do movimento; d. Desenvolver uma preparação para o movimento avançado para indivíduos na reabilitação e treino; e. Desenvolver skills de facilitação de respiração avançadas, facilitação do movimento no solo, facilitação de transição de posturas e treino de carga. f. Aprender self-resets para mobilidade para suporte de preparação de movimento.

Ver Mais

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!