1ª Edição
Lisboa 20h Sem informação de idioma

Método Proprioceptivo Pelviperineal 5P. Intervenção Global na Reeducação Perineal e Disfunções do Pavimento Pélvico

20 Out 2017 - 22 Out 2017

Método Proprioceptivo Pelviperineal 5P. Intervenção Global na Reeducação Perineal e Disfunções do Pavimento Pélvico

Método 5P: uma ferramenta dinâmica que estimula o próprio paciente a (re)descobrir os seus músculos perineais

Método proprioceptivo para tratar os músculos perineais e as disfunções do pavimento pélvico através da postura. Utiliza o pé como via de entrada de informação sensorial, possibilitando o ajuste de pequenas regulações posturais que, por sua vez, irão estimular as fibras tónicas perineais permitindo a sua activação e tonificação.

DESTINATÁRIOS

Fisioterapeutas, médicos, enfermeiros e osteopatas (tb estudantes)

VAGAS

0 formandos

DATAS

20 Out 2017 - 22 Out 2017

LIMITE DE INSCRIÇÃO

28 Nov 2016

HORÁRIOS

Sem informações
LOCALIZAÇÃO

Hotel Holiday Inn Lisboa

Av. António José Almeida, 28-A

1000-044 Lisboa, Lisboa

COORDENADAS

Latitude: 38,738185

Longitude: -9,140716

FORMADOR

Espanha

Begoña Caldera Brea

Saúde da mulher e uroginecologia

Referência na área da pelviperineologia

Begoña Caldera Brea - Master Science Lab
Reeducação Postural ProPriocePtiva Perineal: nestas quatro palavras encontramos 5 vezes a letra "P" e consequentemente o "segredo do sucesso" do Método 5P, uma ferramenta dinâmica e de eficácia comprovada, criada pela parteira e sexóloga francesa, Chantal Fabre-Clergue.

Consiste num método proprioceptivo para tratar os músculos perineais e as disfunções do pavimento pélvico através da postura. Utiliza o pé como via de entrada de informação sensorial, possibilitando o ajuste de pequenas regulações posturais que, por sua vez, irão estimular as fibras tónicas perineais permitindo a sua activação e tonificação.

Através do Método 5P também se reabilitam os músculos abdominais e reequilibram-se cadeias musculares, onde se destaca a qualidade do trabalho que incide no músculo diafragma e músculos da esfera pélvica. Importa ainda referir que é possível gerir de forma eficaz a pressão intra-torácica e intra-abdominal, que muitas vezes se encontram aumentadas, estando assim na base de muitas disfunções seja do diafragma torácico ou pélvico.

É um método dirigido a todo o tipo de pacientes, de ambos os sexos, sendo uma ferramenta complementar com as demais técnicas de reeducação que o profissional possa já deter.

Está indicado para incontinências urinárias, incontinências anais, hipotonia e hipertonia perineais, prolapsos pélvicos, vaginismo, obstipação, prostatectomizados, síndrome miofascial pélvico, entre outras patologias do pavimento pélvico.

Não existe qualquer contraindicação associada à utilização deste tipo de prática proprioceptiva, não obstante a dificuldade em realizar os exercícios por parte de pacientes com patologia importante do joelho ou tibio-társica.

O Método 5P estimula o próprio paciente a (re)descobrir os seus músculos perineais, contribuindo para a prevenção de disfunções desta musculatura ao incentivar a prática regular dos exercícios proprioceptivos. É ainda aconselhado para atletas e indivíduos em processo de treino físico, de forma a evitar os malefícios associados a actividades de alto impacto, que tendencialmente geram aumentos bruscos de pressão no pavimento pélvico.

Ver Mais

1. Conhecer os diferentes músculos do pavimento pélvico.
2. Conhecer as diferentes patologias e disfunções pélvi-perineais.
3. Conhecer os principais tratamentos e técnicas utilizadas.
4. Saber descriminar os músculos perineais para posteriormente os reeducar/reabilitar.
5. Compreender que o diafragma, a postura e a circunferência abdominal são parte essencial para avaliar e tratar todo o processo de reeducação perineal.
Dia 1:
1. Revisão anatomo-fisiológica:
a. Pélvis
b. Musculatura do pavimento pélvico
c. Biodinâmica da pélvis
d. Vísceras da zona pélvica
e. Orgãos genitais femininos.

Pedagogia criada por Chantal Fabre-Clergue:
a. DVD dos músculos perineais
b. Posters
c. Moldes e modelos anatómicos
d. Livro de anatomia detalhada e ilustrativa do períneo
e. Diafragma: anatomia e fisiologia
f. Consequências de um diafragma bloqueado. Qual a influência do diafragama ao nível da musculatura do pavimento pélvico?
g. Respiração: tipos de respiração. A respiração abdomino-perineal.
h. Avaliação da postura estática.

2. Cicatrizes
a. Cuidados específicos da episiotomia no pós-parto imediato e episiotomias antigas. Estratégias para melhorar a cicatrização e o tratamento da dor cicatricial.
b. Consequências de uma episiotomia no anel pélvico.

3. Prática
a. Tomada de consciência perineal, exercicios específicos para sentir os diferentes músculos perineais (utilização do tronco).
b. Como desbloquear um diafragma bloqueado? (diferentes técnicas) c. Exercícios respiratórios, respiração perineal.

Dia 2:
1. Fisiologia da micção
2. Como funcionam os reflexos de Mahony?
3. Apresentação dos diferentes tipos de incontinência urinária.
4. Como elaborar um calendário miccional e como interpretá-lo em função dos tipos de incontinência.
5. Prática
a. Exercícios para sentir e tonificar o perineo: técnicas lúdicas e não invasivas
b. Como avaliar as pressões tóraco-abdominais, reeducação da ordem invertida.
c. Controlo postural.
6. Como realizar uma avaliação perineal.
7. Perguntas mais importantes. Como interpretar os resultados?
8. Prolapsos: avaliação dos diferentes graus.
9. Tacto vaginal.
10. Prática
a. Avaliação perineal: os participantes poderão realizar práticas para visualizar os músculos pélvicos e realizar uma avaliação perineal
b. Apresentação da técnica proprioceptiva abdominal pelviperineal 5P: validada experimentalmente no hospital universitário Chunord de Marsella.

Dia 3:
1. Fisiologia da defecação.
2. Prisão de ventre, tipos de obstipação intestinal e soluções.
3. Abordagem às distintas técnicas de reeducação do pavimento pélvico.
4. Casos clínicos.
5. Questões finais e esclarecimento de dúvidas.

Ver Mais

Sem informação
Certificado de frequência de formação profissional, de acordo com o decreto 35/2002, de 23 de abril.

Modo de pagamento

Totalidade

100%

na inscrição

Faseado

50%
na inscrição
50%
até 13.10.2017

Begoña Caldera Brea

Fisioterapeuta especialista em pelviperineologia e obstetrícia, desenvolveu a sua carreira ao longo dos últimos dez anos em França, onde se especializou em disfunções do assoalho pélvico e obstetrícia e colaborou com Chantal Fabre Clergue, especialista de referência no país. Formadora da Perineform, em Marselha, e membro da Associação Espanhola de Algias Perineais e Neuralgias Podendas (AEAP-NP), goza, nos dias de hoje, de reconhecido prestígio internacional no âmbito da pelviperineologia e reeducação perineal proprioceptiva.

Ver Mais

1. Privar com uma das maiores referências da Europa na área da reabilitação perineal e disfunções do pavimento pélvico.
2. Irá adquirir competências clínicas associadas a um método de diagnóstico, tratamento e prevenção que visa a tomada de consciência do próprio corpo, a gestão dos desequilíbrios musculares, a reprogramação da postura e o tratamento das disfunções do assoalho pélvico.
3. O Método 5P é dirigido a todo o tipo de pacientes, de ambos os sexos, sendo uma ferramenta complementar com as demais técnicas reeducativas.
CERTIFICAÇÕES E APOIOS
Certificado 1 - Master Science Lab

Formação Complementar

1489€
Tratamento Miofascial em Pelviperineologia - Conceito GDP

FORMADOR Maria Marta Jerez Sainz

Neuromodulação e bioffeedback. Gestação e Parto. Disfunções pudendo e coloproctológicas. Disfunção miccional, sexual e defecatória.

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!